Pai fica revoltado após escutar que a esposa grávida estava “só o pó” de médica obstetra

A profissional teria dito que a paciente, gestante de três meses, “estava só o pó” e que o nome escolhido por ela para a filha era “feio”

Resumo da Notícia

  • Um pai ficou revoltado com o tratamento que teria recebido de uma obstetra em um hospital em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul
  • A médica teria dito que a paciente, gestante de três meses, “estava só o pó” e que o nome escolhido por ela para a filha era “feio”
  • Segundo ele, desde o início da consulta, a médica teria falado ‘’coisas desnecessárias’’ para a esposa

Um pai ficou revoltado com o tratamento que teria recebido de uma obstetra em um hospital em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

-Publicidade-

Segundo reportagem do Metrópoles, a médica teria dito que a paciente, gestante de três meses, “estava só o pó” e que o nome escolhido por ela para a filha era “feio”.

Pediatra responde as perguntas que os pais mais fazem ao Google (iStock)

O pai fez um relato em um grupo do Facebook, chamado “Aonde Não Ir em Campo Grande”. Segundo ele, desde o início da consulta, a médica teria falado ‘’coisas desnecessárias’’ para a esposa. O termo ‘’só o pó’’, seria referência à magreza da gestante. Além disso, teria questionado: ‘’cadê sua barriga?’’. ‘’Mas peraí, minha mulher está apenas com três meses de gestação’’, desabafou o pai. Ele também questionou se esse seria o tratamento adequado para uma mãe de primeira viagem.

(Foto: Getty Images)

O marido detalhou o que seria a segunda situação de constrangimento, quando a médica perguntou qual seria o nome da bebê.

– Vai ser Maria Luísa.

– Nossa, mãe, que nome feio, tão comum.

‘’Cara eu ainda nem acredito na resposta que ela deu. Minha mulher está tão feliz com a gestação… na hora, minha esposa chorou’’, relatou o pai.

Ainda na publicação, o pai seguiu com o desabafo. ‘’Agora queria saber doutora, é você que vai sustentar? Vai sair de você? Porque, na consulta, em nenhum momento pedimos a opinião sobre nome da minha filha!’’, concluiu o marido, destacando que nunca mais vai voltar ao consultório.