Pai gera debate após confessar que ficou feliz pela filha ter batido em menina que fazia bullying com ela

Ele falou sobre o assunto em um relato e os internautas dividiram opiniões

Resumo da Notícia

  • Pai gera debate após confessar que ficou feliz pela filha ter batido em menina que fazia bullying com ela
  • Ele falou sobre o assunto em um relato e os internautas dividiram opiniões
  • Muitos foram contra o que ele disse, mas alguns concordaram com ele

Um pai dividiu opiniões em um grupo no Facebook depois de admitir que está orgulhoso da filha por ter brigado contra a pessoa que fazia bullying com ela na escola. No relato, ele contou um pouco do que aconteceu e explicou que a ‘valentona’ disse a ela para “simplesmente morrer” e ela chegou no seu limite.

-Publicidade-

“Minha filha está reclamando de uma garota malvada que a intimida constantemente na escola”, começou ele, contando. “Ela fica dizendo coisas a minha filha como: ‘não venha mais para a escola porque ninguém gosta de você’ e ‘simplesmente morra’ e outras merdas”, seguiu ele.

Pai gera debate após confessar que ficou feliz pela filha ter batido em menina que fazia bullying com ela
Pai gera debate após confessar que ficou feliz pela filha ter batido em menina que fazia bullying com ela (Foto: Getty Images)

O pai disse também que tentou acabar com a provocação e conversou com os responsáveis, mas que a menina em questão era uma “garota rica”, o que significava que as regras não funcionavam muito para eles. Foi então que a filha dele decidiu reagir.

“Ontem minha filha foi perturbada de novo por essa menina e acabou batendo dela. Minha filha deu um tapa nela e me contou que se sentiu bem fazendo isso. Agora ela está enfrentando problemas com a direção da escola, mas eu secretamente continuo torcendo e feliz por ela. Se não fosse por minha esposa por perto, eu teria cumprimentado ela com um toque de mão depois que chegássemos em casa”, confessou o pai.

Ele seguiu dizendo que não tolerava a violência e que sabia que essa não era a resposta para todos os problemas, mas que acredita que, em alguns casos, o uso dela é “justificado” e esperava que o tapa tivesse feito a outra menina aprender a lição. Após compartilhar a publicação, muitas pessoas começaram a comentar e a maioria não concordou com o sentimento dele. Aos poucos, a publicação se transformou em um verdadeiro debate.

“Vá encontrar um adulto ético responsável na escola e denuncie isso em vez de agredir alguém”, orientou um internauta. “Um pai apoiando agressão… vergonhoso”, disse outro.

Outros pais, no entanto, ficaram felizes pela menina ter se defendido e confessaram que gostariam se os filhos fizessem o mesmo. “Eu encorajaria isso. Quem sabe, talvez comprar sorvete para eles no caminho de casa? Afinal, a outra garota merecia”, escreveu um. “Eu teria que apoiar meu filho neste caso”, acrescentou outro.