Pai, mãe e filha não resistem às complicações da covid-19 em um intervalo de duas semanas

Os familiares revelaram estar muito abalados com a sequência de acontecimentos

Resumo da Notícia

  • Em Nova Luzitânia, município de São Paulo, três perdas abalaram uma família inteira;
  • Com menos de duas semanas de diferença, pai, mãe e filha perderam a vida por causa da covid-19;
  • Os familiares revelaram estar traumatizados com a sequência de acontecimentos.

Em Nova Luzitânia, município de São Paulo, três perdas abalaram uma família inteira. Com menos de duas semanas de diferença, pai, mãe e filha perderam a vida por causa da covid-19. Os familiares revelaram estar traumatizados com a sequência de acontecimentos.

-Publicidade-

Tânia Grilo de Morais, não resistiu às complicações da doença e perdeu a vida no último domingo, 28 de março. A mulher tinha perdido o pai pelo mesmo motivo no dia 16 de março e antes que soubesse, sua mãe faleceu no dia 29 de março.

Pai, mãe e filha morrem de covid-19 (Foto: Arquivo Pessoal)

Pai, mãe e filha estavam internados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da Santa Casa de Araçatuba. “É um trauma inesperado. A gente se prepara para viver um evento de luto, mas viver três de uma vez só é traumatizante”, contou um sobrinho ao G1.

A nova onda de casos tem assolado todo o país. Nova Luzitânia contabiliza 224 casos confirmados de Covid-19, dos quais 189 estão curados e quatro não resistiram, segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde.

Por conta das mortes, a Prefeitura de Nova Luzitânia decretou luto oficial por três dias. O sobrinho ainda ressaltou a responsabilidade: “Eu trabalho na prefeitura. É muito triste. Além da família, nós temos a cidade para cuidar”.

Pai, mãe e filha morrem de covid-19 (Foto: Freepik)