Pai que atropelou o filho sem querer chorou após ver vídeo do acidente: “Susto muito grande”

Após atropelar o filho sem querer, o pai contou que chorou quando assistiu à gravação da câmera de segurança

Resumo da Notícia

  • Um menino de 1 ano e 5 meses escapou por pouco após ser atropelado sem querer pelo pai
  • Após o acidente, o pai se pronunciou sobre o caso
  • Ele contou que chorou vendo o vídeo do acidente

Na última segunda-feira, 27 de dezembro, um menino de 1 ano e 5 meses foi atropelado sem querer pelo pai, que não viu a criança parada atrás do carro quando começou a dar ré. Dias após o acontecimento, ele se pronunciou sobre o caso.

-Publicidade-

Renato Divino Miranda, pedagogo, disse que chorou ao ver o vídeo da câmera de segurança que mostrava o bebê parando embaixo do carro da família e saindo ileso do atropelamento. O caso aconteceu em Águas Lindas de Goiás.

“Passamos um susto muito grande. Estava vendo o vídeo aqui e as lágrimas desceram nos olhos. Deus é bom o tempo todo”, contou Renato ao G1. Após o acidente, o menino foi encaminhado ao hospital para receber uma injeção para a dor e voltou para casa.

Menino é atropelado pelo pai mas escapa por pouco
Menino é atropelado pelo pai mas escapa por pouco (Foto: Reprodução TV Globo)

Relembre o caso

O caso foi registrado pela câmera de segurança que fica na garagem de onde a família mora. Foi a mãe da criança que percebeu que algo estava errado e não permitiu que o carro continuasse andando. Após verificar em baixo do veículo, ela retirou o filho do chão e o colocou dentro do carro.

“Graças a Deus foi simplesmente um susto. A criança teve algumas escoriações, perdeu um pouco de cabelo e teve uma pequena lesão na orelha”, contou Fernando Ferreira das Neves, coordenador-geral do Samu do Entorno Sul, em entrevista ao Metrópoles.

Após o susto, o menino foi levado direto para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Águas Lindas. Depois de ser avaliado por médicos, a criança recebeu alta no mesmo dia. Para ver as imagens do quase acidente, clique aqui.