Pai que nasceu sem as pernas e os braços cuida de duas filhas sozinho

Pablo Acunã tem 60 anos e foi abandonado pela esposa, tendo que enfrentar o desafio de criar as meninas sozinho

Resumo da Notícia

  • Pablo nasceu sem os braços e as pernas
  • Ele tem duas filhas que já são maiores de idade
  • Uma delas contou mais detalhes de como foi essa criação

Por conta de uma condição especial, Pablo Acunã nasceu sem os braços e as pernas, e se locomove com a ajuda de familiares e de um carrinho há 60 anos. Mas mesmo com essa condição, o paraguaio é um verdadeiro exemplo de pai para as duas filhas que criou sem o auxílio da mãe das meninas.

-Publicidade-
Pablo Ecunã e a mãe dona Ignacia moram juntos (Foto: Reprodução / O amor)

A ex-mulher de Pablo abandonou a família quando a filha mais nova tinha poucos meses, e foi nesse momento que ele se viu diante de um novo desafio: criar as meninas sozinho, em meio a todas as dificuldades. Pablo contou com a ajuda da mãe, a dona Ignacia, de 90 anos, e que sempre foi presente na vida do filho. Ela ajudou na criação das meninas e deu toda a assistência que Pablo precisava.

Hoje, as meninas são maiores de idade e já tem todo o futuro planejado. Em entrevista ao portal Crônica, Elida, uma das filhas de Pablo, falou sobre quão incrível ele sempre foi. Ela está na casa dos 20 anos e descreve o pai como: “Meu melhor amigo, parceiro, confidente e melhor pai do mundo”. Ela reforçou que apesar dele “viver” em um carrinho, nunca o viu triste e que sempre lhe dá conselhos importantes.

Elida mora na Argentina, mas retornou para casa recentemente para cuidar do pai e retribuir tudo que ele já fez por ela. Como o pai não consegue se mover sozinho e precisa de ajuda para realizar até as tarefas mais básicas, ela decidiu ficar mais perto dele, já que a avó já está idosa e não tem condições de cuidar dele sozinha.

A jovem morava na Argentina, mas voltou para casa recentemente para retribuir ao pai todo o cuidado e amor que ele sempre lhe ofereceu. Pablo não consegue se mover sozinho e precisa de outra pessoa para realizar até mesmo as tarefas mais básicas do dia a dia, por isso ela quis estar perto dele, já que a avó está idosa e não tem condições de atendê-lo sozinha.

Ela conta que o pai tem o objetivo de ter uma casa própria e que toda a família está tentando juntar o dinheiro necessário para comprar a residência. E ressaltando a simplicidade, no aniversário de 60 anos, Pablo pediu de presente apenas um bolo e empanadas, que a filha logo comprou.