Pai reencontra filha com leucemia após 7 semanas de isolamento e vídeo é de arrepiar

Scott Sneddon precisou continuar trabalhando apesar da quarentena e, para garantir a segurança da família, precisou sair da própria casa

Resumo da Notícia

  • Pai reencontra filha após 7 semanas em isolamento
  • Ele optou por ficar longe da família porque continuou trabalhando e a filha faz parte do grupo de risco
  • A criança foi diagnosticada com um raro tipo de leucemia que enfraquece bastante o sistema imunológico
  • Veja vídeo do reencontro
Pai reencontra filha após 7 semanas (Foto: reprodução STV)

Qualquer reencontro é motivo para se comemorar, imagine então o de um pai com uma filha? Pela possibilidade de contrair covid-19, o escocês Scott Sneddon não teve outa opção se não sair da própria casa. Para proteger a família, ele precisou se distanciar da esposa e da filha Mila, de 4 anos.

-Publicidade-

A garota está no grupo de risco do coronavírus, pois foi diagnosticada  com um raro tipo de leucemia que enfraquece bastante o sistema imunológico. Essa condição deixa o corpo vulnerável à infecções e incapaz de defender-se contra outras doenças.

Desde que descobriu a doença, Mila faz quimioterapia. O pai, mesmo com o isolamento social, precisou continuar saindo de casa para trabalhar e, para garantir que a filha se mantivesse segura, optou por se isolar em outro lugar.

-Publicidade-

Após sete semanas de autoisolamento, o engenheiro de 50 anos voltou para casa e pode abraçar a filha. Os dois estavam morrendo de saudade e o momento registrado emociona qualquer um. O chefe de Scott o deu 15 dias de folga para poder ficar um tempo com a família que mora em Falkirk, na Escócia.

Veja o vídeo do reencontro abaixo:

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-