Pai se revolta após escola do filho marcar formatura no dia da final da Libertadores: “Deveria saber”

Ele usou as redes sociais para compartilhar a indignação sobre o dia escolhido para o evento

Resumo da Notícia

  • Pai se revolta após escola marcar formatura no dia da final da Libertadores
  • Ele usou as redes sociais para compartilhar a indignação sobre o dia escolhido para o evento
  • Ele falou sobre a importância da data para ele

Um morador do Distrito Federal se revoltou com a data que a escola do filho escolheu para marcar a formatura. Nas redes sociais, ele decidiu se manifestar sobre o assunto, publicando uma carta aberta para a escola no Twitter. A indignação dele veio porque o evento aconteceria no mesmo dia da final da Taça Libertadores da América.

-Publicidade-

Ele enviou uma carta para a escola reclamando da data e publicou a foto do documento no Twitter. A publicação logo viralizou, acumulando mais de 10 mil interações. “Mandei essa carta aberta à escola do meu filho… Isso aqui é Flamengo!”, escreveu o pai, flamenguista, ao compartilhar a carta nas redes sociais.

“Fui surpreendido com a informação que a solenidade de formatura do colégio foi marcada para o dia 27/11/2021. Quase instantaneamente meus neurônios lançou a expressão: ‘total disparate dessa escola!’ e até agora não encontrei outro termo para descrever tamanha desatenção”, começou ele na carta, colocando em seguida um print de um dicionário com o significado da palavra disparate.

Pai se revolta após escola do filho marcar formatura no dia da final da Libertadores: "Deveria saber"
Pai se revolta após escola do filho marcar formatura no dia da final da Libertadores: “Deveria saber” (Foto: reprodução/ Getty Images)

“Há mais de 3 meses, todo ser humano do planeta sabe – ou deve saber – que no dia 27/11/2021, acontecerá a partida final da Taça Libertadores da América. A competição de futebol mais importante do continente sul-americano! Com quesito especial a mais: a competição se dará entre dois clubes brasileiros. Os dois clubes mais ricos de todo o continente e que representam apenas a primeira e quarta posição do ranking de maiores torcidas do Brasil, respectivamente Flamengo e Palmeiras”, segue.

“Essa não é daquelas partidas assistidas apenas pelos torcedores dos clubes que estão em disputa. É de grande interesse internacional e não só nos países do continente, mas no mundo todo”, continuou ele, que também colocou números de quantidade de público que o jogo costuma reunir.

Em seguida, ele diz que o futebol também tem um papel na educação. “Não apenas um subterfúgio de emoções, mas fundamentalmente educação”, aponta em uma parte da carta. “Fazer com que a família escolha entre a final épica do futebol internacional ou a primeira formatura do seu filho é uma covardia”, acrescenta.

Resposta

A escola se posicionou  por meio de outra carta. Em defesa da marcação da data, o colégio informou que o descontentamento do pai foi publicado nas redes sem que ele procurasse antes a instituição de ensino. O texto também ressalta que a formatura ocorrerá de manhã e a partida ocorrerá às 17 horas. “A formatura será às 8h30, conforme comunicado enviado no último dia 25 e informações prestadas na reunião de pais realizada, à qual, infelizmente, o senhor não comparece”.

O colégio ainda faz um apelo na carta de resposta, dizendo que “não é papel da escola concordar ou discordar dos motivos da insatisfação que gerou essa situação”, mas que a instituição discorda veementemente da forma como o assunto foi tratado.

“Temos visto, com mais frequência a cada ano que passa, crianças se tornando adultos emocionalmente frustrados por não saberem resolver os seus conflitos, partindo para o apelo ilusório intermediado pelas redes sociais para alcançar uma comoção midiática quando lhes falta preparo emocional para lidar diretamente com o problema e resolvê-lo. Muitas vezes recorrendo à utilização de falas difamatórias em substituição à razão que não lhes assiste”, completou.