Pai tenta vender filha por R$ 3 mil para evitar que ela morra de fome no Afeganistão

O pai disse que tomou a decisão após perceber que a economia entrou em colapso

Resumo da Notícia

  • Recentemente, um pai tentou vender a própria filha por US$580, cerca de R$ 3 mil;
  • A ideia era evitar que ela, e a família de sete pessoas, morressem de fome no Afeganistão;
  • O pai disse que tomou a decisão após perceber que a economia entrou em colapso.

Recentemente, um pai tentou vender a própria filha por US$580, cerca de R$ 3 mil, para evitar que ela, e a família de sete pessoas, morressem de fome no Afeganistão. O pai disse que tomou a decisão após perceber que a economia entrou em colapso.

-Publicidade-

De acordo com publicação do Times of London, o pai contou que também espera dar ao filho mais novo de 4 anos uma chance de vida melhor.  “Eu preferiria morrer do que ser obrigado a vender minha filha. Mas minha própria morte não salvaria ninguém da minha família. Quem alimentaria meus filhos? Não se trata de escolha. É sobre desespero”.

O pai disse que tomou a decisão após perceber que a economia entrou em colapso (Foto: Getty Images)

Foi nessa época que o pai recebeu uma oferta: “O dono de uma loja, um homem que conhecia e que não tinha filhos, ofereceu 20.000 afegãos (R$1.195,42) para minha filha Safia morar com ele e começar a trabalhar em sua loja”, revelou.

“Mas não posso vender minha filha por um preço tão baixo, então pedi 50.000”, disse ele, o que custaria cerca de R$3.015. “Ainda estamos discutindo. Ela pode ter um futuro melhor trabalhando em uma loja do que ficar comigo, e o preço pode salvar minha família”, continuou o homem.

Mãe solo compartilha segredo para ganhar na loteria (Foto: Shutterstock)

O pai ainda disse que no acordo, ele poderia “comprar a filha de volta” se conseguisse o dinheiro no futuro. Ainda ao Times of London, o homem desabafou: “Estamos aliviados porque a guerra e os combates terminaram, mas todos enfrentamos um novo inimigo: a pobreza”.

Independentemente da decisão, o homem fez questão de reforçar que ama a filha. Não pense que sou diferente de você. Não pense que eu não amei a criança que trouxe ao mundo e a tenho amado desde então, não pense que não estou perturbado com a ideia de vender minha filha – eu simplesmente não consigo ver o que mais eu posso fazer ”, disse ele.