Pais deverão “pagar” por mau-comportamento dos filhos na China

O projeto de lei ainda está em aprovação no pais, e pretende incentivar a educação familiar da população

Resumo da Notícia

  • Um projeto de lei na China prevê que pais "paguem" pelo mau-comportamento dos filhos
  • O objetivo da ação é promover a educação familiar da população
  • A medida ainda faz parte de uma série de projetos de Pequim

Fim de birra! Na China, pais de crianças que se comportarem mal ou até mesmo cometerem crimes deverão “pagar” pelas ações dos filhos.

-Publicidade-

De acordo com o projeto de lei que ainda está em andamento por lá, as família serão repreendidas na justiça e, em alguns casos, deverão passar por programas de “educação familiar”. De acordo com Zang Tiewei – porta-voz da Comissão de Assuntos Legislativos do Congresso Nacional do Povo, “Há muitas razões para os adolescentes se comportarem mal, e a falta de educação familiar, ou a educação inadequada, é a principal causa”.

O projeto ainda faz parte de um pacote de iniciativas em Pequim que visa, além da saúde e bem-estar das famílias, o cuidado com os jovens chineses. Por isso, para a limpeza de um “ópio espiritual”.

As famílias terão de arcar com o mau-comportamento dos filhos
As famílias terão de arcar com o mau-comportamento dos filhos (Foto: reprodução/ Getty Images)

Para isso, além da lei em andamento, o ministério da Educação da China chegou a limitar o tempo que crianças e adolescente poderiam ficar online, e proibiu o dever de casa e reforço escolar extracurricular aos fins de semana e feriados nacionais.

A lei que obrigará pais e mães a lidarem com o mau-comportamento dos filhos ainda está em andamento para a aprovação, e foi incialmente idealizada pelo Congresso do Povo. Ainda não se sabe quando ela será – ou não – aplicada para a população.