Papai é Pop: veja o trailer do filme com Lázaro Ramos e Paolla Oliveira sobre o livro de Marcos Piangers

“O Papai é Pop”, livro de Marcos Piangers, colunista da Pais&Filhos, pai de Anita e Aurora, foi adaptado para o cinema

Resumo da Notícia

  • “O Papai é Pop”, livro de Marcos Piangers, colunista da Pais&Filhos, pai de Anita e Aurora, foi adaptado para o cinema;
  • Nesta semana, foram divulgadas as primeiras imagens da produção estrelada por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira;
  • Os atores interpretam o casal Tom e Elisa, pais de primeira viagem.

“O Papai é Pop”, livro de Marcos Piangers, colunista da Pais&Filhos, pai de Anita e Aurora, foi adaptado para o cinema. Nesta semana, foram divulgadas as primeiras imagens da produção estrelada por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que interpretam o casal Tom e Elisa, pais de primeira viagem. O teaser mostra que “a gente aprende a ser pai, sendo!”.

-Publicidade-

Na história, o autor mostra que o que mais importa são as pequenas coisas, e estar presente (de verdade!) em cada momento da vida dos filhos, reconhecendo e passando a importância da mensagem sobre a paternidade. No filme, o protagonista encara  desafios e alegrias para descobrir o que é ser pai.

Teaser do filme Papai é Pop (Foto: Reprodução/ Youtube)

Em entrevista exclusiva, Marcos Piangers comemorou o sucesso do projeto: “Foi fantástico conversar com eles e desde o primeiro minuto fiquei muito empolgado com a possibilidade, mas nunca iria imaginar uma superprodução como foi”.

Piangers ainda explicou quais são as sensações de ter um livro adaptado. “É muito interessante, porque a visão do filme é de uma outra pessoa, de um grupo de pessoas, de produtores que são especialistas em cinema. Então, a sensação é interessante porque eles estão olhando as histórias do livro, contadas sobre paternidade, com um outro viés, com as suas próprias vivencias”, explica.

Em um compilado de histórias avulsas, Piangers contou sobre o desafio para a adaptação de um filme (Foto: Fabio Jr Severo)

“Então, é muito legal ver como as histórias do livro não são só minhas. Já não eram, eram de muitas famílias espalhadas pelo mundo, mas mais do que isso, o livro agora se transforma em uma outra coisa”, disse. O colunista Pais&Filhos ainda elogia: “Não é um livro fácil de adaptar, mas o que os roteiristas conseguiram foi transformar em uma história com começo, meio e fim”.

Cheio de expectativas, Piangers se mostrou ansioso para o resultado do filme (e a gente também). “Espero que seja um marco no cinema nacional, que apresente para o público um novo tipo de cinema, um cinema familiar, mas mais do que isso, que incentive a gente a, de fato, estar cada vez mais conectados com a nossa família e com os nossos filhos”, conclui. Veja o teaser: