“Papai Noel” visita asilo sem saber que tinha Covid-19 e contamina 120 idosos

O caso aconteceu na Bélgica após um homem passar o dia ao lado dos pacientes da casa de saúde Hemelrijck

Resumo da Notícia

  • Uma inocente visita de fim de ano causou ao menos 18 mortes em um asilo na cidade de Mol, na Bélgica
  • Um homem vestido de Papai Noel teria ido ao local e contaminado cerca de 156 pessoas com o novo coronavírus
  • O o visitante não sabia que estava doente e foi alegrar os aposentados da casa de saúde Hemelrijck

Uma inocente visita de fim de ano causou ao menos 18 mortes em um asilo na cidade de Mol, na Bélgica. Um homem vestido de Papai Noel teria ido ao local e contaminado cerca de 156 pessoas com o novo coronavírus, incluindo residentes e funcionários locais.

-Publicidade-
O caso aconteceu na Bélgica (Foto: Reprodução / VRT)

De acordo com informações da emissora VRT, o visitante não sabia que estava doente e foi alegrar os aposentados da casa de saúde Hemelrijck no início de dezembro. Logo depois, vários moradores começaram a apresentar sintomas da infecção pelo vírus.

O caso aconteceu na Bélgica (Foto: Reprodução / VRT)

As fotos mostram o momento em que o “Papai Noel” posava próximo aos idosos, que não estavam usando máscaras. Além disso, a administração da casa de saúde explicou que o homem é um dos terapeutas da clínica e teve contato com os aposentados em outras ocasiões.

-Publicidade-

A imprensa local também chamou a atenção pela ausência de janelas e ventilação no prédio. Cerca de 36 funcionários já testaram positivo para a Covid-19 após a visita, além de 120 idosos. Entre a véspera e o dia do Natal, cinco mortes foram divulgadas.