Paulo André defende mãe de PAzinho de ataques de internautas: “Deveriam ter respeito”

A mãe de PAzinho e ex-companheira de Paulo André, Thays Andreata, sofre constantes ataques dos fãs do atleta por ainda estar inserida no ciclo social dele

Resumo da Notícia

  • O Paulo André defendeu a mãe de PAzinho de ataques de internautas
  • A mãe de PAzinho e ex-companheira de Paulo André, Thays Andreata, sofre constantes ataques dos fãs do atleta por ainda estar inserida no ciclo social dele
  • O desabafo foi realizado na rede social Twitter

A Thays Andreata, mãe de PAzinho e ex-companheira do atleta Paulo André, tem recebido ataques constantes por parte dos fãs do ex-participante do Big Brother Brasil 22. Em defesa da mãe de seu filho, o vice-campeão do reality show usou o Twitter na última quinta-feira, 7 de julho, para pedir respeito à Thays. A mãe de PAzinho é atacada pelos fãs do atleta por ainda estar inserida no ciclo social dele, mesmo após o término do relacionamento. Mas o Paulo André explicou querer que o filho tenha pais unidos.

-Publicidade-

Em relato, o atleta contou que a jovem faz parte da vida dele. Além disso, que ela gerou uma das coisas mais importantes: o PAzinho. De início, falou: “Entendam uma coisa, a Thays é a mulher que gerou a coisa mais preciosa do mundo pra mim, faz parte da melhor coisa que já me aconteceu, que é o meu filho. Sem contar que passou comigo a situação mais difícil da minha vida, onde ela foi até mais forte que eu e me ajudou muito a superar a forma com que o Paulo André veio ao mundo”.

Paulo André defende Thays mãe de PAzinho
Paulo André defendeu a mãe de PAzinho (Foto: Reprodução / Twitter)

Em sequência, complementou: “[Thays] Me apoiou nas minhas decisões e sempre esteve ao meu lado. E não é sobre um relacionamento, antes de tudo éramos amigos e permanecemos sendo amigos até hoje. E se ela está no meu ciclo de amizades, é porque ela é uma pessoa maneira. Aonde eu estiver com meu filho e se possível ela estar presente, ela vai estar. Porque é sobre o bem-estar de uma criança. Eu tive a referência dos meus pais unidos e quero isso para o meu filho também”.

Por fim, pediu respeito à Thays: “Não sou obrigado a ver ataques e comentários desrespeitosos à ela na minha time line. Assim como não aceitaria ver ataques a ninguém da minha família. Vou pular na bala sempre por eles. Não estou pedindo e muito menos obrigando  ninguém a gostar de ninguém, mas o mínimo que as pessoas deveriam ter é respeito”.