Pediatra é agredida por mãe de paciente em hospital no RJ: “Feriu a minha alma”

O caso aconteceu na última quarta-feira, no dia 27 de julho. A pediatra atendeu a criança no Hospital Municipal Albert Schweitzer na parte da manhã no dia, e a mãe retornou ao local para a agressão no fim da tarde

Resumo da Notícia

  • Uma pediatra foi agredida na última quarta-feira, dia 27 de julho, pela mãe de um paciente
  • A mulher retornou ao hospital horas após a consulta e agrediu a pediatra e uma técnica de enfermagem
  • O motivo da agressão foi pela mãe não ter encontrado o remédio receitado

Na última quarta-feira, dia 27 de julho, uma pediatra foi agredida por uma mãe de paciente de dois anos de idade no Hospital Municipal Albert Schweitzer.

-Publicidade-
Uma mãe agrediu a pediatra que atendeu o filho após a consulta
Uma mãe agrediu a pediatra que atendeu o filho após a consulta (Foto: Getty)

A médica pediatra Andrea Cabral foi agredida pela mãe no Dia do Pediatra, e contou para a coluna de Ancelmo Gois no portal O Globo que havia sido a médica escolhida para representar a pediatria no hospital naquele dia: “Eu estava muito feliz porque amo o que eu faço”.

O motivo da agressão dada pela mãe da criança foi o remédio receitado por Andrea. Além disso, a mulher também agrediu outra profissional do hospital: “Ela também agrediu a técnica que tentou me ajudar. Dizia que eu havia passado o remédio de maldade, de sacanagem. Fui covardemente agredida por motivo torpe. Eu canso de fazer internação social, mas não era o caso dessa criança”. Na parte da manhã do dia, Andrea examinou o menino e receitou um antibiótico para tratar uma pneumonia ainda leve. Contudo, no fim da tarde, a mãe voltou e a agrediu por não ter encontrado o remédio na farmácia.

A pediatra foi agredida pela mãe do paciente após ela não achar o remédio receitado (Foto: Reprodução/ O Globo)

“Avisei os pais que os antibióticos estavam difíceis de serem encontrados e que não eram baratos, expliquei todo o quadro da criança. Ninguém respeita mais os profissionais da saúde. A gente que trabalha na ponta, não aguenta mais. Todos os dias sofremos agressões verbais e físicas, não somente no SUS. Essa mulher feriu minha dignidade, a minha alma. No fim, ela ainda debochou que eu poderia chamar a polícia, que nada adiantaria”, desabafou a médica.

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa! 

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

Assista agora o POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso! Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.