Pequeno herói! Menino de 3 anos salva idosa presa há dias no porão de casa

A criança percebeu que alguma coisa poderia ter acontecido com a vizinha e avisou as mães. Os policiais foram acionados e encontraram a senhora

Resumo da Notícia

  • O menino percebeu a ausência da vizinha enquanto passeava pela rua
  • As mães da criança logo acionaram os policiais para procurar a idosa
  • Ela estava presa há 3 dias no porão de casa e foi encaminhada para o hospital

O menino Eyas Tran, de 3 anos, foi reconhecido pelos policiais por ter ajudado a salvar da vizinha idosa que ficou presa durante dias no porão de casa, nos Estados Unidos. A criança estava passeando pela rua com as mães Minh e Lindsey e a irmã caçula, quando suspeitou que algo pudesse ter acontecido com a senhora.

-Publicidade-

Eyas tinha o costume de entregar o jornal para a vizinha Peggy, idosa que mora sozinha. Ele logo estranhou quando viu três jornais acumulados na frente da casa da mulher e decidiu tocar a campainha para checar se algo tinha acontecido, mas não recebeu nenhuma resposta.

Enquanto passeava pela rua, o menino reparou que alguma coisa podia ter acontecido com a vizinha (Foto: Reprodução/ CBS Boston)

Preocupadas,  as mães de Eyas suspeitaram da situação e ligaram para Peggy, mas ela também não atendeu. Elas então decidiram chamar a polícia. Em entrevista ao canal norte americano CBS Boston, Mihn contou: “Nós ficamos preocupadas, gostamos muito da Peggy e a consideramos parte da família”.

Os policias chegaram na residência da idosa e começaram a procurá-la. Eles a encontraram presa no porão! Ela estava lá há 3 dias, e ficou presa porque a porta trancou sozinha. Ao CBS Boston, o policial David Hobbs explicou: “Foi um daqueles acidentes bizarros em que a porta fecha sem querer e a pessoa acaba ficando trancada”.

Peggy foi levada ao hospital para ser examinada e felizmente ela está bem, apresentando boas condições de saúde. De acordo com a polícia, se não fosse por Eyas a idosa poderia ter até falecido naquele porão: “Nós agradecemos esse menino por suas ações e por ter alertado suas mães. Nós pedimos que os outros façam como ele, que chequem se seus vizinhos estão bem e cuidem uns dos outros”, disse o policial. Mihn ficou super orgulhosa com a percepção do filho: “Ele é um menino muito especial! Muito inteligente”, ressaltou.