Pesquisa afirma que filhotes de tiranossauro tinham o mesmo tamanho que cachorros

Conduzido por cientistas da Universidade de Edimburgo, na Escócia, o estudo comprovou que os bebês de dinossauro tinham o tamanho de um cachorro de porte médio ao nascer e já vinham ao mundo com a dentição completa

Resumo da Notícia

  • Pesquisadores descobriram que filhotes de tiranossauro nasciam com o tamanho de um cachorro de porte médio
  • O estudo foi feito por profissionais da Universidade de Edimburgo, Escócia
  • É muito raro encontrar ossos de bebês de dinossauro

Essa novidade é dedicada especialmente aos fãs de dinossauros: um estudo publicado pela revista científica Canadian Journal of Earth and Sciences revelou que os bebês de Tiranossauro Rex nasciam com o tamanho de cachorros de porte médio. Além disso, esses animais pré-históricos já saíam dos ovos com a dentição completa!

-Publicidade-

Animais do gênero tiranossaurídeos, os T. Rex eram dinossauros que tinham grande porte e estavam no topo da cadeia: esses predadores podiam chegar aos 12 metros de altura e pesar 8 toneladas. Até essa pesquisa ser divulgada, pouco se sabia sobre os primeiros estágios da vida de um tiranossaurídeo, ainda que eles fossem muito estudados devido sua presença marcante durante o período cretáceo.

(Foto: reprodução/ Getty Images)

Os responsáveis pela descoberta foram pesquisadores da Universidade de Edimburgo, na Escócia, que fizeram uma reconstituição 3D de um bebê recém-nascido de T. Rex a partir de um fragmento do osso da mandíbula de um embrião e da garra de um filhote do dinossauro. Esses elementos que permitiram a pesquisa foram encontrados, respectivamente, no Canadá e nos Estados Unidos.

As espécies que foram analisadas durante a pesquisa são consideradas “primas” do tiranossauro, chamadas Daspletosaurus e Albertosaurus sarcophagus. Graças ao estudo, foi possível estimar que esses filhotes tinham cerca de um metro de comprimento ao nascerem e os ovos tinham cerca de 43 centímetros ao eclodirem.

O fato de os filhotes nascerem com a dentição completa sugere que, ainda bebês, eles caçavam tal qual os adultos. Greg Funston, autor do estudo, contou em entrevista à CNN que é muito raro encontrar bebês de dinossauro e que isso acontece porque os ossos de filhotes não têm tanta durabilidade quanto os de adultos. Outro motivo natural que dificulta a pesquisa é que os ninhos para os ovos eram feitos em locais que dificilmente seriam encontrados por predadores.

(Foto: Getty Images)