Pesquisa aponta que 61% dos pais brasileiros acreditam que os filhos comem melhor que eles na mesma idade

Neste sábado (10), o McDonald’s fez um evento para falar sobre os hábitos de alimentação das crianças e das novidades do cardápio do McLanche Feliz

(Foto: Fernando Ctenas /Divulgação)

Como mãe ou pai, você deseja sempre o melhor para o seu filho e é natural ter dúvidas sobre a alimentação e a saúde das crianças. Como fazer com que ele se alimente bem e ao mesmo tempo goste da comida? Qual a medida certa de nutrientes que a criança precisa para ter um desenvolvimento saudável? A chave de tudo é o equilíbrio. 

-Publicidade-

Para ajudar pais e mães e tirarem suas dúvidas sobre o assunto, o McDonald’s realizou, neste sábado (10), um evento para falar sobre os desafios da alimentação e as novidades e evoluções do menu do McLanche Feliz.

(Foto: Fernando Ctenas /Divulgação)

“Temos o compromisso de oferecer uma refeição adequada, de qualidade e alinhada aos novos hábitos alimentares das famílias nas quais servimos. Desde 2011, estamos fazendo evoluções no menu, com o foco em trazer melhorias ao McLanche Feliz, usando nossa grande escala para oferecer combinações que sejam saborosas, mais nutritivas e divertidas e assim impactem positivamente o mercado e a sociedade também”, explica Rozália Del Gáudio, diretora de Comunicação Corporativa da Arcos Dorados, filha de Edith e Francesco.

-Publicidade-

Você já parou para pensar nos hábitos alimentares que tinha na infância? Um estudo feito pela consultoria de pesquisa Trendsity, em parceria com a Arcos Dorados, revelou que 61% dos pais acreditam que seus filhos comem melhor que eles na mesma idade. Esse dado mostra que as famílias estão cada vez mais conscientes em relação à alimentação dos filhos

A pesquisa também reforça que algumas das mudanças feitas no menu do McLanche Feliz seguem uma tendência das famílias brasileiras. Sete em cada 10 pais revelam que nos últimos dois anos, têm adicionado ou aumentado o consumo de água e sucos naturais na alimentação de seus filhos. Além disso, o estudo prova uma crescente preocupação com o consumo de produtos com açúcar pelos filhos, indicando que 8 em cada 10 pais e mães brasileiros reduziram alimentos ou bebidas com o ingrediente.

(Foto: Fernando Ctenas /Divulgação)

Durante o evento, rolou um bate-papo apresentado pela nossa editora-executiva, Andressa Simonini, com a atriz e influencer Fernanda Rodrigues, mãe de Luísa e Bento, a empresária de moda e influencer Ana Paula Xongani, mãe de Ayo, e Jorge Freire (@nerdpai), pai do Leonardo e da Bruna. 

“Sou uma mãe em busca de equilíbrio e bom senso. Sempre sem radicalismos. Em casa, a gente costuma conversar muito sobre esse assunto. Não tem diferença na comida de criança e de adulto, todos comem as mesmas coisas. O mais importante é que eles comam de tudo, faço questão de que eles experimentem”, conta Fernanda.

(Foto: Fernando Ctenas /Divulgação)

Os convidados defenderam a importância do equilíbrio dentro de casa e do exemplo dos pais na alimentação dos filhos. “Na minha casa, sou eu que cozinho. Meus filhos comem de tudo, mesmo. É importante não só oferecer, mas dar o exemplo. Depois que você educa seu filho, ele aprende sobre o padrão de alimentação da família. Também é essencial não forçar os filhos a comerem o que não gostam, tudo tem um limite. Radicalismo não funciona em lugar nenhum”, defende Jorge.

(Foto: Fernando Ctenas /Divulgação)

A comida não é somente um alimento, mas também uma experiência entre pais e filhos. “Na minha casa, a alimentação é um momento de experiência e de encontro, desde o preparo dos alimentos, até a hora de sentar na mesa e comer. Acho fundamental esses ambientes de alegria que a gente circula, como o McDonald’s, serem parceiros dos pais na hora da alimentação dos filhos, conta Ana Paula. 

(Foto: Fernando Ctenas /Divulgação)

Além de reforçar o hábito de sentar à mesa com os filhos e dar o exemplo para as crianças, é importante ensiná-las a comer. “Temos que introduzir um alimento cerca de 20 vezes para que a criança aprenda a gostar dele, além de apresentá-lo de formas diferentes. A experiência é uma coisa muito importante para as crianças. Exemplo é o melhor que a gente pode dar para a nutrição dos filhos. Tudo começa dentro de casa”, explica Maria Luiza, que também defendeu a importância de levar os filhos para fazer as compras junto com os pais. “Dessa forma, a gente cria um hábito, um respeito pela comida e mostramos que dá para aproveitar o alimento como um todo”. 

(Foto: Fernando Ctenas /Divulgação)

 Na última quinta (8), todos os restaurantes do McDonald’s no Brasil passaram a oferecer novas opções de combinações do cardápio do McLanche Feliz. Agora, o menu tem mais frutas e verduras, além de ingredientes com menos gordura, sódio e açúcares. Desde 2011, a empresa vem fazendo evoluções no cardápio, para oferecer combinações que sejam saborosas, mais balanceadas e divertidas ao mesmo tempo. 

(Foto: Fernando Ctenas /Divulgação)

O novo menu do McLanche Feliz inclui agora as seguintes medidas:

  • menos de 30% proveniente de gordura total, menos de 10% de gordura saturada, menos de 10% de açúcar adicionado e nenhuma gordura trans adicionada.
  • tem limite máximo de sódio a 650 mg por combinação – cerca de um terço do que é indicado pela Organização Mundial de Saúde (OMS)
  • todas as combinações têm alimentos que vêm de um dos quatro grupos alimentares: vegetais ou frutas, grãos integrais, proteína magra e lácteos.

“Ao longo desses 8 anos, tivemos alterações da fórmula do pão, do ketchup, até chegar no resultado de hoje. É muito complexo mudar a formulação, ainda mais sobre especificações globais. Mas acreditamos que é também fazer essas mudanças pelo bem da alimentação das crianças também é nossa responsabilidade, junto com os pais”, explica Mariela Fuenzalida, gerente de qualidade do McDonald’s. 

As combinações sugeridas do McLanche Feliz têm ingredientes de variados grupos alimentares e somam até 600 calorias – cerca de um terço da recomendação de ingestão diária proposta pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para crianças de 6 a 10 anos.

“Desenvolver bons hábitos alimentares desde a infância é extremamente importante para a saúde ao longo de toda a vida. Por isso, as mudanças propostas no McLanche Feliz, que trarão combinações com menos sódio, gorduras e açúcares e mais frutas e vegetais são bem-vindas. É impressionante ver essa iniciativa, naturalmente complexa de ser implantada em qualquer empresa de alimentação, ser levada a cabo justamente pela maior delas, e por isso saudamos o McDonald’s pelo compromisso evoluir seu cardápio.” afirma o Dr. Fábio Ancona, médico pediatra e membro da Sociedade Brasileira de Pediatria.

(Foto: Fernando Ctenas /Divulgação)

Conheça as novas opções do McLanche Feliz: 

  •  Como principal, Mini Tasty, Hambúrguer ou Chicken McNuggets
  • Como acompanhamento, as McFritas Kids ou Tomatinhos
  • Como bebida, Suco Del Valle 100% Uva (sem adição de açúcar) ou água mineral
  • Como sobremesa, o Purê Maçã 100% Fruta (sem adição de açúcar ou aditivos) ou o Danoninho (com corantes e aromatizantes naturais)

Com as recentes mudanças promovidas no cardápio do McLanche Feliz, o McDonald’s recebeu o reconhecimento e saudação da Abran – Associação Brasileira de Nutrologia.

carta ABRAN

 

    -Publicidade-