Pesquisa avalia a situação dos alunos brasileiros durante as aulas online

O estudo descobriu que 74% dos estudantes estão tendo acesso às explicações e que a maioria dos pais acreditam que os filhos estão tendo alguma evolução, apesar das dificuldades

Resumo da Notícia

  • Pesquisa avalia s situação de alunos brasileiros frente às aulas online
  • O estudo chegou à conclusão de que 74% dos alunos estão tendo acesso às aulas remotas
  • Os pais também acreditam que os alunos estão evoluindo
  • Veja os resultados completos
Pesquisa afirma que 74% dos alunos estão tendo acesso às aulas remotas (Foto: Getty Images)

De acordo com uma pesquisa encomendada pela Fundação Lemann, o Itaú Social e a Imaginable Futures ao Datafolha, 74% dos alunos brasileiros tem acesso às aulas remotas. A pesquisa foi encomendada no intuito de entender a situação do país e oferecer informações que ajudem a elaborar estratégias de atividades não presenciais para gestores da rede pública.

-Publicidade-

O Datafolha realizou 1.028 entrevistas com pais ou responsáveis por 1.518 estudantes da rede pública em todo o Brasil, entre os dias 18 e 29 de maio. Além da quantidade de alunos que tem acesso às aulas, a pesquisa também apontou que 84% se dedica mais de uma hora por dia aos estudos. “Uma hora realmente é muito pouco, os alunos do ensino médio, que tem mais autonomia, dedicam um tempo maior, mas a questão da participação nas aulas e atividades é um problema que precede à pandemia.”, observou Lucas Rocha, gerente de Inovação da Fundação Lemann, em entrevista ao portal R7. Rocha também demonstrou preocupação em relação aos 25% dos alunos que não estão tendo acesso às aulas. Ele ponderou a importância de todos aprenderem e ninguém ficar de fora.

De acordo com os pais, 82% dos estudantes que tem acesso às aulas estão fazendo a maioria das atividades escolares. A maioria dos entrevistados também disse que acreditam que os filhos estejam evoluindo durante as aulas à distância, porém, 31% temem que o aluno desista da escola se não conseguir acompanhar as aulas em casa e 58% consideram muito difícil para as crianças sob sua responsabilidade manter rotina de estudos.

-Publicidade-

A principal dificuldade do acompanhamento das aulas está relacionada à falta de tempo dos pais, que precisam também lidar com as tarefas da casa e do trabalho, além da dificuldade, também por parte dos pais, de explicar as matérias. A equipe irá continuar a pesquisa e trazer, nos próximos meses, novas informações a respeito da evasão escolar durante a pandemia e a percepção da família sobre o retorno das crianças à escola.

-Publicidade-