Pesquisa mostra que os brasileiros compartilham mais memes do que notícias sobre covid-19 nas redes sociais

O estudo foi produzido pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas e outra informação importante é que o Brasil é o quarto país que mais comenta sobre coronavírus nas redes sociais

Resumo da Notícia

  • Brasileiros é um dos países que mais fala sobre coronavírus
  • No Twitter é compartilhado mais memes do que notícias
  • Professora explica que é normal procurar distrações em momentos de crise

A Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas fez um estudo que defende que o Brasil é o quarto país que mais comenta sobre o coronavírus. Os pesquisadores analisaram publicações feitas no Twitter desde que foi confirmado a primeira morte no país e as menções só cresceram.

-Publicidade-

O interessante é que o compartilhamento desse assunto vem em sua maioria em forma de piadas ou ilustrações, conhecido como ‘memes‘. Enquanto somente 17% são notícias e atualizações sobre a pandemia, 34% são memes engraçados.

Apesar de ser um assunto que precisa ser levado com muita seriedade, em um momento que pessoas no mundo todo estão em isolamento social, as redes sociais viram os melhores amigos para um momento de descontração. De acordo com a professora de Marketing Digital da UNINTER, Maria Carolina Avis, é normal o ser humano buscar por distrações em situações de crise.

‘‘Embora os memes sejam uma forma divertida e informal de conteúdo, eles podem, sim, servir para educar e disseminar informações de qualidade como dar dicas e deixar mensagens positivas de forma descontraída’’, explicou a professora. Então reunimos alguns ‘memes’ que vão te animar nessa quarentena!

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-