Pesquisadores brasileiros pretendem criar uma única vacina contra a gripe e o coronavírus

Cientista afirma que provavelmente serão encontradas mais de uma possível vacina contra a covid-19, mas que isso só acontecerá em 2021. Veja os benefícios de unir o influenza e o Sars-CoV-2

Resumo da Notícia

  • Pesquisadores pretendem unir as vacinas da gripe com a do novo coronavírus
  • A pesquisa está sendo feita em Minas Gerais
  • Segundo o cientista, é esperado que surja mais de uma vacina contra a covid-19, mas isso acontecerá apenas em 2021
Pesquisadores brasileiros pretendem unir a vacina da gripe com a do novo coronavírus (Foto: Getty Images)

Os pesquisadores ao redor do mundo estão correndo contra o tempo para encontrar uma vacina contra a covid-19. O Brasil também está nessa batalha e, entre as pesquisas realizadas no país, uma feita em Minas Gerais pretende criar uma vacina bivalente, que irá proteger a população do vírus da gripe e do Sars-CoV-2.

Segundo o professor da UFMG, pesquisador da Fiocruz e coordenador do INCTV, Ricardo Gazzinelli, com tantos projetos ao redor do mundo, é possível que tenhamos mais de uma vacina contra a covid-19. Mas não existe a expectativa de que isso aconteça ainda este ano.

Sobre a união das vacinas contra a gripe e o coronavírus, o pesquisador disse que a escolha do influenza ocorreu porque ele infecta as mesmas vias que a covid-19. “Ele induz a resposta imune que nós acreditamos ser semelhante a que vai proteger do Sars-CoV-2.”, contou em uma entrevista dada ao Viva Bem.

As pesquisas estão na fase final de inserção da proteína spike no vírus. “A partir daí são dois testes importantes: o de imunogenicidade (quando faz a vacina, tem que confirmar que ela induz a resposta imune que você espera) e o teste de segurança em animais de laboratório”, revelou.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!