Pierre Cardin morre aos 98 anos e família faz homenagem sobre carreira icônica do estilista

Ele ficou conhecido após fundar a própria grife na década de 1950, além de ser aprendiz do então desconhecido na época, Christian Dior

Resumo da Notícia

  • Pierre morreu aos 98 anos
  • A informação foi confirmada pela família do estilista
  • O estilista foi um ícone na alta costura

Pierre Cardin, o icônico estilista italiano naturalizado francês, morreu na manhã desta terça-feira, 28 de dezembro, aos 98 anos. O óbito foi confirmado pela família à AFP, sem citar a causa da morte, no hospital de Neuilly, oeste de Paris.

-Publicidade-
A causa da morte não foi divulgada (Foto: reprodução / Instagram @pierrecardintr)

Em nota, a família se manifestou e falou sobre o homem que Pierre foi em vida: “Todos temos orgulho da sua ambição tenaz e da ousadia que demonstrou ao longo da vida. Homem moderno de muitos talentos e energia inesgotável, ele aderiu cedo ao fluxo da globalização de bens e das trocas comerciais”.

A Academia de Belas Artes da França, na qual o estilista fazia parte desde 1922, também publicou uma homenagem a Pierre nas redes sociais. “O Secretário Perpétuo, Laurent Petitgirard, e os membros da Academia de Belas Artes estão muito tristes em anunciar o falecimento de seu colega Pierre Cardin. Foi eleito em 12 de fevereiro de 1992 na presidência de Pierre Dux (seção dos membros livres)”.

-Publicidade-
O estilista foi um grande ícone (Foto: reprodução / Instagram)

Pierre se mudou para a França com a família aos dois anos de idade e após a 2ª Guerra Mundial virou aprendiz do então desconhecido Christian Dior, fundando a própria grife nos anos 1950. Na década de 1960, o estilista teve um grande destaque na alta costura e foi um dos primeiros a licenciar o logo de sua marca para outros produtos como, por exemplo, perfumes, cosméticos, canetas e cigarros.

Com o passar dos anos, o estilista diversificou os negócios e desenhou interiores para carros, além de abrir lojas de móveis e decoração e ter comprado redes de restaurantes e hotéis. Desejamos muita força para toda a família de Pierre.

-Publicidade-