Policiais que tiraram a vida de João Pedro viram réus do caso

O menino morreu no dia 13 de maio de 2020 no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, RJ

Resumo da Notícia

  • João Pedro faleceu em maio de 2020, na região metropolitana do Rio de Janeiro
  • Policiais são aceitos como réus do caso
  • Eles também receberam a denúncia por fraude processual

Nesta última quarta-feira, 9 de fevereiro, a justiça aceitou a denúncia contra os policiais civis Mauro José Gonçalves, Maxwell Gomes Pereira e Fernando de Brito Meister, que tiraram a vida de João Pedro de Mattos Pinto, em 14 de maio de 2020, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, RJ.

-Publicidade-

Além da acusação por homicídio duplamente qualificado contra o jovem, eles também receberam a denúncia por fraude processual. Eles foram suspensos do “exercício da função pública” e te ter qualquer tipo de dependência do órgão.

João Pedro faleceu no dia 13 de maio de 2020
João Pedro faleceu no dia 13 de maio de 2020 (Foto: Reprodução / G1)

“Em total menoscabo (desprezo) pelas vidas dos moradores inocentes da localidade de Itaoca, [os policiais] adentraram no terreno e alvejaram, sem nenhum motivo justificador, a residência em cujo interior se encontravam seis jovens desarmados, vindo a atingir e matar a vítima”, afirmou o Ministério Público fluminense em uma denúncia apresentada.

No entanto, os agentes responderam a acusação em liberdade. Mas se houver qualquer ação contra a medida cautelar determinada, haverá uma prisão preventiva por um tempo indeterminado.

Entenda o caso

No dia 18 de maio, o menino João Pedro Mattos Pinto, de 14 anos, foi atingido por tiros enquanto estava dentro de casa. Os disparos ocorreram durante uma operação conjunta da Polícia Federal, com apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), no Complexo do Salgueiro.

A casa da família teria sido coberta por disparos e o garoto estaria sozinha no momento, ele foi socorrido por um helicóptero mas não resistiu aos ferimentos. A família chegou a ficar 24 horas sem notícia do garoto e só conseguiu resposta na manhã do dia 19 de maio.