Posso ter covid-19 após tomar as duas doses da vacina assim como Ana Maria Braga? Entenda

Na manhã de hoje (5), Ana Maria Braga testou positivo para a covid-19 mesmo depois de tomar duas doses da vacina. Conversamos com especialistas, que explicaram como funciona o esquema de imunização contra a doença

Resumo da Notícia

  • Ana Maria Braga testou positivo para a covid-19 na manhã desta segunda-feira, 5 de julho
  • A apresentadora já havia tomado as duas doses da vacina contra o novo coronavírus
  • O caso acabou causando dúvidas em quem já recebeu o imunizante contra a covid-19

Na manhã desta segunda-feira, 5 de julho, Ana Maria Braga testou positivo para a covid-19. O que acabou deixando muita gente em dúvida, foi o fato da apresentadora do Mais Você ter tomado as duas doses da vacina contra o novo coronavírus.

-Publicidade-

“Tá tudo ótimo dentro do possível, porque de repente, estava achando que era uma ‘gripinha’, estava assim desde quinta passada. A gente nunca pensa no pior. Para mim, estava tudo ótimo. Semana passada deu negativo e hoje deu positivo. Tô ótima, estou me sentindo bem. Me sossegaram aqui, muito leve, tomei as duas doses [da vacina]. Tem que ficar quietinha”, disse Ana Maria Braga sobre seu estado de saúde.

Ana Maria Braga testou positivo para covid-19 (Foto: Reprodução/ UOL)

Posso ter covid-19 mesmo tomando as duas doses da vacina?

Sim, pode. Segundo o Dr. Gerson Salvador, médico especialista em infectologia e saúde pública da Universidade de São Paulo (USP), pai de Laura, Lucas e Luís, as vacinas foram estudadas para avaliar a infecção sintomática e não para prevenir. Dessa forma, o paciente terá uma menor chance de adoecer ou ter a forma grave da doença. “Só que ninguém garante que você não vai contrair o vírus. Por isso, é muito importante manter o distanciamento físico, o uso das máscaras e a higiene das mãos”.

Além disso, a Dra. Melissa Palmieri, pediatra e especialista em vacinas, filha de Antônio Carlos e Maria, completa que a resposta de cada organismo pode acontecer de maneira individual, dependendo de paciente para paciente. “Após finalizar o esquema vacinal preconizado para cada vacina contra a covid-19, acredita-se que a proteção esperada aconteça de 7 a 14 dias após a segunda dose, entretanto entendemos que cada um responde de forma individual. Exemplo: idosos tradicionalmente respondem com menor quantidade de anticorpos que um adulto jovem”. Veja as principais dúvidas sobre a vacina contra a covid-19.

O que acontece se eu tomar apenas uma dose da vacina contra a covid-19 e não completar o esquema vacinal?

Gerson Salvador explica que isso pode prejudicar a produção de anticorpos. “Com uma dose só, a produção de anticorpos, o estímulo ao sistema imunológico, vai ser menor e não consegue garantir a eficácia das vacinas que estão divulgadas se a pessoa não tomar o esquema completo. Então, provavelmente a proteção será menor”.

O esquema vacinal incompleta das vacinas contra a covid-19 pode prejudicar sua eficácia (Foto: Freepik)

Vacinas de apenas uma dose são menos eficazes?

Não. A questão da dosagem das vacinas é uma decisão da empresa que as desenvolveu, ou ainda de autoridades públicas. Isso não significa que a vacina pode proteger mais ou menos. Todos os imunizantes disponíveis reduzem o risco das formas graves da covid-19 e ajudam a reduzir o número de mortes.

Quem já teve Covid-19 também precisa se vacinar?

Sim. Apesar da infecção poder desenvolver uma certa proteção, a vacinação é indispensável, pois os anticorpos podem durar por um tempo menor. “A proteção gerada pela vacina é diferente e mais duradora, então as pessoas precisam ser imunizadas”, comenta o Dr. Lívio Dias, infectologista do Centro de Reprodução Humana Santa Joana, filho de José Carlos e Maria Lúcia.