Presidente de Portugal se pronuncia sobre racismo sofrido por Bless e Titi: “É inadmissível”

Os filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso sofreram ataques de racismo em Portugal

Resumo da Notícia

  • O presidente de Portugal se pronunciou sobre os ataques racistas
  • Titi e Bless foram vítimas de racismo no último sábado, 30 de julho
  • Marcelo Rebelo de Sousa reconheceu o preconceito sofrido pelos filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso

Nesta segunda-feira, 1 de agosto, o presidente de Portugal se pronunciou sobre os ataques racistas sofrido pelos filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso. Marcelo Rebelo de Sousa reconheceu o preconceito sofrido pela família durante o período de férias no país.

-Publicidade-

Em entrevista ao blog Portugal Giro, do jornal O Globo, o presidente reconheceu os ataques feitos pela portuguesa de 57 anos, Maria Adélia Coutinho Freire de Andrade de Barros. “Todo ato de racismo ou xenofobia é condenável e intolerável. Isso é o básico em uma democracia. É inadmissível”, afirmou Marcelo.

Titi e Bless foram vítimas de racismo no último sábado, 30 de julho. A mãe das crianças as defendeu após os ataques feitos pela mulher, enquanto o pai acionou a polícia. Marcelo afirmou que, apesar do caso ocorrido, é errado classificar os portugueses como racistas por uma situação específica: “Racismo é um fenômeno que existe na sociedade portuguesa, não negamos isso, mas não é possível generalizar a todo português”.

Giovanna Ewbank saiu em defesa dos filhos após ataque racista
Giovanna Ewbank saiu em defesa dos filhos após ataque racista (Foto: Reprodução/ Metrópoles/ Coluna Leo Dias)

Maria Adélia, que foi presa e depois liberada pela polícia, também foi reconhecida, após a repercussão do caso dos atores, por ter sido xenofóbica com uma brasileira. O presidente de Portugal afirmou que o país acolhe estrangeiros, principalmente brasileiros, que possuem uma comunidade: “Não pode ser generalizado, dizendo que todo português é racista ou que há uma campanha contra os brasileiros. Do contrário, não explicava a vinda de uma imensa comunidade brasileira. Ninguém é sadomasoquista. Se achassem que não se sentiam bem em Portugal, não vinham”, falou ele.

O presidente acrescentou que tem frequentado as praias e avistou muitos frequentadores brasileiros e de países da África. “E nestas praias fica claro que não podemos dizer que o racismo é generalizado em Portugal”, reforça. Segundo Marcelo, existem cerca de 200 mil brasileiros “Não há nenhuma coisa contra o brasileiro. Há um fenômeno nunca antes existente de imigração do Brasil para Portugal e é transversal a todas as classes econômicas”, diz o mandatário.

A mãe das crianças as defendeu após os ataques feitos pela mulher, enquanto o pai acionou a polícia. (Foto: Reprodução / Instagram)

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

Assista agora o POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso! Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.