Primeira morte por varíola dos macacos é confirmada no Brasil

Essa é a primeira morte fora da África pela doença

Resumo da Notícia

  • Primeira morte pela varíola dos macacos é confirmada no Brasil
  • O óbito foi de um paciente de 41 anos
  • O homem apresentava imunidade baixa e também comorbidades

A primeira morte pela varíola dos macacos é confirmada no Brasil. O óbito foi de um paciente de 41 anos em Belo Horizonte, Minas Gerais, nesta sexta-feira, 29 de julho.

-Publicidade-

A morte, que foi confirmada pela Ministério da Saúde, foi de um homem de 41 anos que apresentava imunidade baixa e também comorbidades, com um quadro de linfoma, câncer no sistema linfático, que levaram ao agravamento clínico. O homem ficou em cuidados intensivos em um hospital público de Belo Horizonte. O paciente sofreu um choque séptico por causa do agravamento pelo vírus da doença.

Esse é a primeira morte confirmada por causa da doença fora do continente africano, que registrou três mortes – uma na Nigéria e outras duas na República da África Central. A Espanha também confirmou nesta sexta-feira, 29 de julho, a primeira morte no país, praticamente junto com o Brasil.

De acordo com dados do Ministério da Saúde os casos estão subindo rapidamente (Foto: Reprodução / Cynthia S. Goldsmith, Russell Regner / CDC via AP)

Comitê de combate

Na última quinta-feira, 28 de julho, o Ministério da Saúde confirmou a criação de um comitê de emergência para lidar com a propagação do vírus. A comissão entrará em funcionamento a partir desta sexta-feira, 29 de julho. O Centro de Operação de Emergências (CEO) será responsável por traçar um plano de contingência contra a doença no Brasil. A decisão tomada pelo Ministério vem acompanhada de uma crescente de casos na população brasileira.

As crianças

Nesta semana, o Brasil teve registro de três casos de varíola dos macacos em crianças. Esses são os primeiros casos do diagnóstico na população infantil, sendo todos eles no estado de São Paulo.

Uma nota da Secretaria de Saúde da cidade afirmou que as crianças estão sob monitoramento e não apresentam quadros graves e nem piora, além do acompanhamento da vigilância epidemiológica paulistana. A Secretaria não informou qual foi o meio de contaminação dessas crianças.

Esses são os primeiros casos registrados em crianças na capital. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos Zamarco, tanto as duas meninas, quanto o menino apresentam bolhas na pele, dilatações nos gânglios e febre. Os três estão em casa, com o objetivo de evitar a circulação da doenças, e estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal da Saúde.

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

Assista agora o POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso! Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.