Primeira paciente com coronavírus do Distrito Federal está curada e faz relato emocionante

Daniela Teixeira, uma advogada e conselheira da OAB, ficou contaminada por 19 dias e abriu o coração com um relato emocionante sobre o período de isolamento

Resumo da Notícia

  • Daniela Teixeira foi a primeira paciente curada do novo coronavírus no Distrito Federal
  • Ela ficou infectada por 19 dias com a doença
  • Ao todo, no Brasil, são 2201 casos confirmados e 46 mortes
  • A advogada foi contaminada em um evento de trabalho
Ela ficou infectada por 19 dias (Foto: Getty Images)

Na última terça-feira, 24 de março, o Distrito Federal pôde comemorar que a primeira paciente infectada pelo novo coronavírus está curada. Daniela Teixeira, é advogada e conselheira federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

-Publicidade-

Ao realizar um novo exame, ela testou negativo para o covid-19. O contágio, aconteceu no dia 5 de março, na III Conferência da Mulher Advogada, em Fortaleza, e ela ficou infectada durante 19 dias até a cura.

Quando recebeu o resultado positivo, no dia 16 de março, ela se isolou e o marido e os dois filhos, depois de realizarem o teste também, tiveram o resultado negativo. Com um relato, Daniela contou que conversou com a médica várias vezes por dia, na expectativa de que fosse desenvolver sintomas graves, porém ela sentiu apenas cansaço e dor de cabeça.

-Publicidade-
Ela ainda deixou um recado para quem está passando pelo mesmo (Foto: reprodução / Estado de Minas)

Em entrevista ao Correio Braziliense e Estado de Minas, a advogada escreveu uma carta aberta a todos que estão enfrentando a doença:

“A minha cura manda 3 recados:

De esperança a todos os que estão infectados. Só quem passou pelo vírus sabe o tamanho do pânico que ronda o nosso espírito, o medo de contaminar um ente querido ou de apresentar sintomas graves de uma hora para outra. Se o mundo tem medo do vírus, imaginem o que passa uma pessoa contaminada. É uma benção chegar ao final do ciclo do vírus bem e com saúde.

De medo: tenham medo do vírus, fiquem em quarentena. Eu peguei o vírus em um evento de trabalho ‘muito importante que eu não poderia faltar’. Pois eu deveria ter faltado e faria tudo para voltar no tempo. Fiquem em casa!

De gratidão: aos profissionais de saúde, especialmente à diretora do Inca dra. Nubia Welerson, o diretor do Iges, Dr. Francisco, e ao governador Ibaneis, que se mostrou o melhor gestor da crise no país”.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-