Primeiro hotel espacial tem data de lançamento para 2027 e você já pode agendar a viagem em família

Voyager Station é o primeiro hotel espacial e terá capacidade para 400 hóspedes que vão pode desfrutar da vista do espaço

Resumo da Notícia

  • Voyager Station é o primeiro hotel espacial e tem data de lançamento para 2027
  • A capacidade máxima é de 400 convidados e ele conta  com diversos departamentos de lazer
  • Tem atividades para os adultos e para as crianças aproveitaram a estadia

Com a pandemia, o turismo precisou se reinventar e muitas propostas de viagem em isolamento começaram a surgir nos últimos meses, mas agora é possível se isolar até mesmo fora da Terra. A ideai que parecia ser impossível, agora pode se tornar real em 2027, ano que será inaugurado o primeiro hotel espacial, o Voyager Station.

-Publicidade-

Segundo o jornal britânico The Independent, o hotel terá capacidade máxima para 400 convidados que vão poder usufruir dos quartos com vista para o espaço, spa, cinema, bares, academia, restaurantes, sala de observação da Terra, sala de concertos e bibliotecas. Até então, o custo da construção não foi revelado, mas a estrutura é feita com cápsulas individuias que estão presas a uma roda giratória com tubos que conectando as diferentes áreas e formam a letra “X”.

A empresa por trás da ideia inicial é a Orbital Assembly Corporation (OAC) e, de acordo com ela, as construções vão começar em 2025. Um comunicado no site oficial deles, diz que: “A estação será projetada desde o início para acomodar tanto as agências espaciais nacionais que realizam pesquisas de baixa gravidade quanto os turistas espaciais que desejam experimentar a vida em uma grande estação espacial com o conforto da baixa gravidade e a sensação de um bom hotel”.

-Publicidade-

Eles também vão vender partes do hotel para agências governamentais que desejam usar o ambiente  como local para centro de treinamentos ou pessoas que queriam construir uma vila a bordo da nave. Ainda de acordo com o site, o hotel vai dar uma volta na Terra a cada 90 segundos e essa rotação vai gerar uma gravidade artificial semelhante a nossa. John Blincow é o fundador da Gateway Foundation e vai executar parte da estrutura do Voyager, em uma nota, ele falou: “Está será a próxima revolução industrial”.

“A Voyager Station é uma estação espacial giratória projetada para produzir vários níveis de gravidade artificial, aumentando ou diminuindo a taxa de rotação. A gravidade artificial, ou simulada, é essencial para a habitação de longo prazo no espaço”, ainda diz o site. A construção da estrutura do Voyager em órbita será feita pelo robô STAR (Structure Trust Assembly Robot).

Entretanto, essa construção só será iniciada depois que a OAC terminar alguns testes de gravidade. E tanto a OAC quanto a Gateway Foundation pedem para as pessoas investirem no projeto e já começarem a fazer suas reservas para uma visita futura.