Primeiro semestre de 2022: sete ocorrências de violência contra a mulher são feitas por hora no RJ

Ao todo, foram mais de 34 mil ligações recebidas pela Polícia Militar para esse tipo de crime

Resumo da Notícia

  • Foram mais de 34 mil casos de violência contra a mulher
  • O levantamento leva em consideração apenas casos com incidência no Rio de Janeiro
  • Esse tipo de crime foi o segundo mais registrado nesses primeiros seis meses

De acordo com um levantamento feito pela Subsecretaria de Comando e Controle da Polícia Militar, no Rio de Janeiro, a violência contra a mulher foi o segundo tipo de crime com maior número de ocorrências no primeiro semestre de 2022, com mais de 34 mil acionamentos do serviço 190. Os casos de perturbação do sossego lideraram essa apuração.

-Publicidade-
Violência contra mulher recebe sete registros a cada hora nos primeiros seis meses de 2022
Violência contra mulher recebe sete registros a cada hora nos primeiros seis meses de 2022 (Foto: Freepik)

Em entrevista ao G1, o subsecretário de Comando e Controle da Polícia Militar, Mauro Fliess, comentou que os profissionais envolvidos nessas operações específicas de crimes contra a mulher recebem capacitação, com o objetivo de prestar a assistência necessária às vítimas. Além disso, segundo ele, a violência doméstica é considerada “ocorrência prioritária” para a equipe.

Mauro Fliess afirmou: “Nós estamos colocando os nossos policiais em treinamentos específicos para atender esse tipo de demanda. Estamos capacitando não só o policial que atende o telefone, mas também o policial que vai ‘despachar a viatura’, como a gente costuma chamar. Infelizmente, estamos com um percentual considerável para esses tipos de ocorrências”.

Sobre a prioridade do assunto, o subsecretário garante que a corporação entende: “A gente sempre avalia o tamanho do risco que envolve o caso. Esse é um tipo de ocorrência prioritária. Ela vai passar à frente de outras não prioritárias. Se estamos recebendo acionamento para um acidente de trânsito sem vítimas e um caso de violência contra mulher, esse atendimento merece um tratamento prioritário”.

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

Assista agora o POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso! Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.