Primogênito de Michael Jackson conta sobre relação com os irmãos em entrevista considerada rara

Prince Jackson não tem o costume de posar para as frentes das câmeras, mas contou detalhes sobre a vida ao lado dos dois outros filhos de Michael Jackson

Resumo da Notícia

  • Prince Jackson contou em entrevista rara sobre o relacionamento com os irmãos
  • O filho mais velho de Michael Jackson trabalha com projetos filantrópicos
  • Ele revelou que sempre busca manter a família por perto devido os ensinamentos do pai

Ontem, no dia 28 de outubro, Prince Jackson, de 24 anos de idade, contou em entrevista ao Good Morning Britain sobre o relacionamento que mantém com os dois irmãos mais novos, Paris Jackson, de 23 anos e Prince “Blanket” Jackson II, com 19, todos filhos do cantor pop Michael Jackson, que faleceu no dia 25 de junho de 2009.

-Publicidade-

O primogênito do relacionamento de Michael com a ex-esposa, Debbie Rowe, revelou em entrevista que não enxerga uma hierarquia entre ele e os irmãos caçulas. “Somos todos irmãos e estamos no mesmo nível em que minha irmã tem seus pontos fortes, e meu irmão tem seus pontos fortes e onde eu não sou tão forte em certas áreas. Eles me complementam dessa forma.”, respondeu em entrevista.

Prince com os irmãos mais novos (Foto: Reprodução Youtube)

Prince Jackson relatou ainda que busca sempre manter a família por perto, e relembrou ainda uma citação do falecido pai que pedia para que os filhos colocassem aqueles mais próximos a eles acima de tudo: “Quando estávamos crescendo, meu pai dizia: ‘Não poderíamos ter nada, mas você olha ao redor nesta sala, seu irmão, sua irmã e eu, isso é tudo que você terá'”, disse Prince. “E isso sempre ficou comigo e com meus irmãos, e temos uma relação muito próxima.”

Prince nasceu em fevereiro de 1997, seguido pela irmã, Paris, em abril de 1998. Antes da morte de Michael, o pai por via barriga de aluguel em fevereiro de 2002 um terceiro filho, Prince Michael Jackson II, conhecido como Blanket. “Cada momento que tenho com eles – qualquer pequeno jantar em família, qualquer pequeno passeio em família – é realmente um momento especial para mim.”, afirmou o mais velho.

Além de participar dos negócios da família, Prince tornou sua missão de vida se concentrar na filantropia, incluindo ajudar a financiar recursos educacionais para crianças. E ele diz ter recebido alguma orientação ao longo do caminho. “Não é como uma voz na minha cabeça, mas de certa forma é. Porque quando você faz trabalho filantrópico e se preocupa muito com ele, como eu e minha família, acho que você tende a carregar o peso ou as lutas das pessoas que está tentando ajudar. E é aí que eu mais ouço a voz do meu pai (…) e ele está meio que sempre no meu ombro, no meu ouvido, me motivando a manter aquela bússola moral apontando para o norte.”, concluiu o filho.