Princesa Diana: entenda porque Lady Di não se sentiu confortável no batizado do próprio filho

A mãe do príncipe William se sentiu excluída durante a cerimônia

Batizado príncipe William (Foto: reprodução / youtube)

A família real britânica carrega tradições há muito tempo e no batizado de William, que aconteceu há quase 40 anos, não foi diferente. Menos de 1 semana depois de Lady Di dar à luz, ela precisou estar na frente do público para um dos eventos mais esperados do ano, mostrando plenitude e tentando, na medida do possível, parecer estar confortável. O evento parecia ser perfeito, mas por trás das câmeras muitas coisas aconteceram que magoaram a princesa Diana.

-Publicidade-

Em entrevista ao biógrafo real Andrew Morton para o livro Diana: Sua verdadeira história, Lady Di contou que o dia foi desesperador. Ninguém me perguntou qual era o melhor horário para o William. 11 da manhã! Não poderia ser pior”, confessou. Por conta da falta de estoque da água sagrada do rio Jordão, a mesma com a qual Jesus foi batizado e a que é usada em todas as cerimônias reais, o príncipe William precisou ser batizado com água comum da torneira.

Diana (Foto: Getty Images)

Como se o descaso não bastasse, Diana se sentiu fora dos holofotes e muito deslocada durante todo o evento. “Intermináveis fotos da rainha, rainha mãe, Charles e William. Eu fui totalmente excluída aquele dia. Me sentia desesperada porque, literalmente, tinha acabado de dar à luz – William tinha apenas 6 semanas. E tudo foi decidido sem me consultarem. Daí as imagens medonhas”, desabafou.

-Publicidade-

A todo momento Diana precisava guardar a angústia e segurar a vontade de chorar para não chamar a atenção e fingir que estava tudo sob controle, na verdade, era ao contrário. “Tudo estava fora de controle, tudo. Eu não me sentia muito bem e sentia meus olhos encherem de lágrimas. William começou a chorar também. Ele deve ter percebido que eu não estava muito empolgada”, relembrou. Que situação difícil! Dá uma olhada no vídeo da cerimônia:

Tradições durante o batizado 

Quando? Hoje em dia, o batismo deve acontecer entre o 2° ou 3° mês da vida do bebê, mas pode variar um pouco!

Onde vai ser? A cerimônia de batismo acontece há vários anos na St. George´s Chapel, o principal local de culto religioso do Castelo de Windsor.

Quem são os convidados? Depende muito dos pais, normalmente os membros da família real são convidados e a festa é mais íntima, mas com a presença da mídia mostrando todos os detalhes para os fãs da realeza britânica.

Vestido tradicional usado nos batizados da família real (Foto: Reprodução Twitter / @domlipinski / Dominic Lipinski/Pool Photo via AP)

Cerimônia: Seguindo a tradição, os bebês reais são batizados pelo bispo mais velho da Inglaterra, o Arcebispo de Canterbury. Além disso, a agua benta usada durante a cerimônia vem diretamente do Rio Jordão, onde Jesus também foi batizado. Outro protocolo que os bebês fazem durante o batismo é usar o mesmo vestido de renda e cetim, uma réplica da roupa que foi usado pela filha mais velha da rainha Victoria durante seu batizado em 1841, Victoria Adelaide Mary Louisa.

Os padrinhos: Os bebês reais tem em torno de 5 a 7 padrinhos e eles serão anunciados no dia do batizado. Quebrando a tradição, Meghan Markle e Príncipe Harry decidiram manter a escolha em oculta, já que pretendem criar Archie da forma mais “normal” possível, sem tanta exposição.

-Publicidade-