Príncipe Charles fica bravo após novo desabafo de Harry sobre as atitudes do pai

Príncipe Harry, neto da Rainha Elizabeth II falou mais uma vez sobre a falta de empatia da Família Real e contou algumas atitudes que pai tinha na infância dele e de William

Resumo da Notícia

  • Príncipe Harry fez vários depoimentos sobre a falta de empatia da realeza britânica
  • Ele falou sobre isso na série "The Me You Can´t See" da Apple TV+
  • Desde que declarou sua saída da família real e se mudou, Harry vêm falando sobre algumas polêmicas que envolvem os membros da realeza

A família real britânica está envolvida em mais uma polêmica, dessa vez, foi por causa da estreia da série documental da Apple TV+, “The Me You Can´t See”, “O Eu Que Você Não Vê”, em tradução livre, está cheia de depoimentos sensíveis do Príncipe Harry. Ele falou sobre a falta de empatia que precisou enfrentar na realeza britânica, inclusive do próprio pai.

-Publicidade-

Segundo a revista US Weekly, o príncipe Charles ficou “furioso” com  declarações feitas pelo filho. Uma fonte contou para a revista que: “Charles está ardendo de raiva e se sente torturado por Harry com suas alfinetadas constantes. Ele só queria que (Harry) parasse de discutir sobre isso”.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!
A fonte ainda contou com a família têm agido para lidar com os desabafos de Harry, desde que ele e sua esposa Megan Markle se afastaram dos cargos na realeza: “O consenso geral dentro da família real é ignorar o comportamento de Harry, para evitar aumentar as chamas, mas Charles está achando difícil se segurar. Ele realmente que defender a si mesmo”.

Príncipe Harry expõe questões familiares

Harry foi um dos convidados do programa “The Me You Can´t See”, onde conversou com Oprah Winfrey e falou sobre vários acontecimentos. Em determinado momento da entrevista, o Duque de Sussex revelou uma falta de empatia entre os membros da família, mas principalmente de seu pai: “Meu pai costumava dizer para mim e para William quando eu era mais novo: ‘Bem, foi assim comigo, então é assim que será com vocês.’ Isso não faz sentido. Só porque você sofreu, não significa que seus filhos precisam sofrer. Pelo contrário”.

Com a intenção de poupar seu filho Archie de lidar com tudo isso, ele e Megan decidiram se afastar para: “Colocar nossa saúde mental em primeiro lugar”. Ainda assim, foi difícil para Charles entender a situação: “Isso tudo não é sobre quebrar o ciclo? Não é sobre ter certeza de que a história não se repetirá? Que qualquer dor e sofrimento que tenha acontecido com você não passe adiante?”

O olhar crítico foi além: “Minha mãe foi perseguida até a morte quando ela estava numa relação com alguém que não era branco. Você quer falar sobre a história não se repetir? Eles não vão parar até que (Megan) morra. É incrivelmente um gatilho pensar em potencialmente perder outra mulher da minha vida. A lista está crescendo. E tudo volta para as mesmas pessoas, a mesma indústria, o mesmo modelo de negócios”.

Focada em falar sobre a importância da saúde mental, a nova produção da Apple TV+ traz à tona os traumas do filho mais novo de Diana, como quando sua esposa, Megan Markle teve pensamentos suicidais ou quando o príncipe revelou ter tido problemas com bebida e vício em droga, após perder a mãe.