Príncipe Charles irá cortar Harry e Meghan Markle dos benefícios da Família Real, diz biógrafa

De acordo com a biógrafa Angela Levin o Príncipe de Gales pretende cortar o casal e outros membros da ‘folha de pagamento’ da realeza

Resumo da Notícia

  • A biógrafa Angela Levin contou um plano da coroa britânica
  • O príncipe Charles irá cortar Harry e Meghan Markle da 'folha de pagamento' da Família Real
  • Meghan e Herry pode ter os benefícios cortados assim como outros membros da realeza

A biógrafa Angela Levin contou um plano da coroa britânica promovido pelo príncipe Charles de cortar Harry e Meghan Markle da ‘folha de pagamento’ da Família Real. O casal e o filho, Archie atualmente estão morando em uma mansão na Califórnia, após cortar o vínculo com a realiza.

-Publicidade-
Príncipe Charles pode excluir Harry e Meghan de vez da família real em corte de gastos da realeza (Foto: Getty Images)

De acordo com o The Mirror, Meghan e Herry pode ter os benefícios cortados assim como outros membros da realeza, que seriam incentivados a procurarem empregos remunerado. Assim, o ciclo de pessoas que receberiam os benefícios da realeza será à Rainha Elizabeth II, Charles e a esposa Camilla, William, Kate e os filhos George, Louis e  princesa Charlotte.

A medida tomada pelo príncipe Charles seriam estritamente econômicas, menos midiáticas e tecnológicas, como fez o príncipe Phillip, que morreu no início de abril. A biógrafa acredita que este pode ser o ponto em que o duque e a duquesa de Sussex irão, de fato, cortar os laços com a Família Real.

Após a morte do príncipe Phillip, Charles e príncipe William discutiram o futuro da monarquia, incluindo quais membros deveriam seguir como realeza. A família real deve ser reduzida a uma espécie de empresa de menor porte, que abrigaria nela um círculo muito restrito de membros e então, as demais pessoas devem ser incentivadas a procurarem atividades remuneradas, abrindo mão também dos outro benefícios.

“O príncipe Charles há muito tempo deseja reduzir a monarquia para economizar custos e fazer as pessoas valerem o dinheiro que recebem do contribuinte. Eu imagino que pode ser quando Harry e Meghan são deixados de ser membros da família real”, disse Angela Levin.

A biografa ainda acredita que a atitude não partiu apenas de Philip. “Acho que a borda externa, que a Rainha queria manter unida há muito tempo por motivos sentimentais, e que na idade dela ela não queria mudar particularmente, o que eu acho compreensível. Mas ele quer mudar e acho que vai fazer isso”, afirma.