Príncipe Harry pretende se reconciliar com a Família Real, diz site

Ele e Meghan Markle renunciaram os cargos reais e, recentemente, deram uma entrevista à Oprah em que abriram o jogo sobre os problemas enfrentados pelos dois enquanto estavam na realeza

Resumo da Notícia

  • Príncipe Harry pretende se reconciliar com a Família Real, diz site
  • Ele e Meghan Markle renunciaram os cargos reais
  • Os dois tem dado o que falar depois que, recentemente, abriram o jogo sobre a realidade da Família Real em entrevista à Oprah
  • De acordo com o jornal britânico The Mirror, fontes afirmaram que Harry está com saudades de casa e quer uma reconciliação com a família real

O príncipe Harry está no Reino Unido para acompanhar a inauguração da estátua que homenageia a mãe dele, a princesa Diana, que faleceu em 1997, após um acidente de carro. Fontes disseram ao jornal britânico Mirror que Harry está com saudades de casa e pretende se reconciliar com a Família Real.

-Publicidade-

“Disseram-me que Harry tem dito aos amigos que gostaria de se reconciliar e está disposto a admitir alguns dos erros que cometeu”, contou o historiador Robert Lacey, ao jornal. “Ele tem telefonado tristemente para os amigos do Reino Unido nas últimas semanas, desde que suas queixas públicas contra o príncipe Charles (seu pai) foram tão mal recebidas”, completou ele.

Príncipe Harry pretende se reconciliar com a Família Real, diz site (Foto: Reprodução/ Instagram)

Harry tem se afastado cada vez mais da Família Real. Tudo começou após o casamento com a atriz Meghan Markle. O casal decidiu renunciar dos cargos reais e isso gerou uma instabilidade na família. Depois de estarem totalmente desligados das funções reais, o casal decidiu dar uma entrevista à Oprah em que relataram diversos problemas que vivenciaram com a monarquia, abrindo o jogo sobre assuntos nunca antes tratados.

Decepção na família: Lady Di queria que príncipe Harry fosse o braço direito de príncipe William

A relação entre o príncipe Harry e príncipe William continua estremecida. E segundo o escritor Andrew Morton, responsável por escrever a biografia não autorizada – Diana: Her True Story, a eterna Lady Di ficaria totalmente inconformada com essa situação, se estivesse presente.

Durante uma entrevista no talk show Loose Women, no Reino Unido, o especialista disse que a princesa só queria que seus filhos fossem melhores amigos e que cuidassem um do outro. “Diana me disse muito claramente em várias ocasiões que via Harry como o braço direito de William no que, em última análise, seria um trabalho muito solitário e sombrio como futuro rei. Ela teria ficado muito chateada com a maneira como esses dois se separaram”.

Ele acredita que Diana teria até mesmo se unido ao ex-marido, príncipe Charles, para tentar reverter a situação. “Conhecendo as personalidades [dos irmãos] intimamente, como uma mãe faria, ela estaria pensando, talvez com o Príncipe Charles ao seu lado, em uma maneira de reconciliá-los”, falou o escritor.

Mesmo não estando mais presente, é possível que Diana ainda possa amenizar a situação, já que Harry e William participarão presencialmente da inauguração da estátua de sua mãe nos jardins do Palácio de Kesingnton, no dia 1º de julho, quando a princesa comemoraria seu aniversário de 60 anos de idade.

“Os Príncipes esperam que a estátua ajude todos aqueles que visitam o Palácio de Kensington a refletirem sobre a vida de sua mãe e seu legado”, diz o comunicado divulgada pela assessoria de imprensa da família real. Será que vem reconciliação por aí?