Príncipe William e Kate Middleton são contra rigidez da família real e querem “vida normal” a George

O casal anunciou serem “modernos” na criação dos filhos, principalmente o mais velho, a ponto de não deixarem chama-lo de “príncipe” na escola

Resumo da Notícia

  • Príncipe William e Kate Middleton criam de modo "moderno" os três filhos, George, de 8 anos, Charlotte, de 6, e Louis, de 3, sem a rigidez da realiza britânica.
  • Apesar de George ser o terceiro na linha de sucessão, os pais tentam proporcionar uma "vida normal".
  • Uma das medidas é não deixar o filho mais velho ser chamado de "príncipe George" na escola.

William e Kate Middleton adotam modelo “moderno” na criação dos filhos, George, de 8 anos, Charlotte, de 6, e Louis, de 3. O duque e duquesa de Cambridge, tentam oferecer uma “vida normal” para os três, principalmente ao mais velho, que está como terceiro na linha de sucessão para virar rei. Essa informação foi revelada por uma fonte à revista US Weekly.

-Publicidade-
A foto foi a escolhida para 2020 (Foto: Reprodução /Instagram / @kensingtonyoyal)

“A realeza é conhecida por ser ‘rígida’, mas William e Kate têm uma abordagem mais moderna para os pais e estão se afastando dessa mentalidade”, afirmou a fonte. “A comunicação aberta é fundamental para eles. … [Mas eles] estabelecem limites e têm regras em vigor”.

Os pais desejam que os filhos consigam “expressar suas emoções e fazer perguntas para que possam crescer como adultos saudáveis”. George é o terceiro da linha de sucessão ao trono britânico, atrás do avô, o príncipe Charles , e do pai, William. Apesar das responsabilidades que estão por vim, o duque e duquesa querem tentar dar uma “vida normal” a ele para evitar que “crescesse muito rápido”. Uma das medidas é não deixar que o chamem de “príncipe George” na escola.

“Ele se mistura com as crianças da sua idade”,  contou a fonte. “Kate e William não o enchem de presentes caros e nem o mimam demais. […] George arruma a cama todas as manhãs. […] Todas as crianças têm modos impecáveis ​​e sempre dizem ‘por favor’ e ‘obrigado’.”