Príncipe William e Kate Middleton quebram regra rígida da realeza para viajar em família

Príncipe William e Kate Middleton resolveram tirar férias em família – até aí, tudo parece ser “gente como a gente”, tirando um pequeno detalhe: para que isso pudesse acontecer, os dois precisaram pedir permissão da Rainha Elizabeth II para quebrar uma regra muito rígida da realeza britânica

Resumo da Notícia

  • Príncipe William e Kate Middleton saíram de férias com toda a família
  • Apesar de ser um passeio comum, para fazer isso eles precisaram pedir permissão para a Rainha
  • Isso aconteceu por causa de uma série de regras estabelecidas pela realeza

Príncipe William e Kate Middleton resolveram tirar férias em família – até aí, tudo parece ser “gente como a gente”, tirando um pequeno detalhe: para que isso pudesse acontecer, os dois precisaram pedir permissão da Rainha Elizabeth II para quebrar uma regra muito rígida da realeza britânica.

-Publicidade-

William e Kate foram vistos no aeroporto de Gatwick ao lado de príncipe George, de 8 anos, princesa Charlotte, de 6 anos, e do caçula da família, príncipe Louis, de 3 anos. Apesar do passeio em família parecer algo tradicional, essa talvez seja uma das últimas vezes que todos viajam juntos.

Isso porque existem regras muito rígidas relacionadas à necessidade de proteção da linhagem real, o que significa que membros mais antigos da família não podem estar todos juntos no mesmo voo – a não ser que a rainha Elizabeth permita que isso aconteça.

Kate Middleton e príncipe William quebraram uma regra para viajar com a família
Kate Middleton e príncipe William quebraram uma regra para viajar com a família

A primeira mudança acontecerá quando George completar 12 anos – quando isso acontecer, ele passará a voar separado do pai. Seguindo a linha de sucessão do trono, William e seu primogênito ocupam o segundo e terceiro lugar. Uma tragédia romperia com essa ordem.

Ao todo, Kate Middleton e príncipe William fizeram somente três viagens com toda a família a bordo: em 2014, quando George tinha apenas 9 meses e eles precisaram viajar para a Austrália; em 2016, quando levaram o primogênito e Charlotte para o Canadá; e em 2017, quando fizeram uma viagem para a Alemanha.