Príncipe William se pronuncia sobre entrevista de Meghan Markle e Harry: “Não somos racistas”

Duque de Cambridge afirmou que ainda não conversou com o irmão desde que a entrevista com Oprah Winfrey foi publicada

Resumo da Notícia

  • Príncipe William resolveu abrir o jogo após a entrevista de Meghan Marlake e Harry à Oprah Winfrey
  • Duque de Cambridge afirmou que a Família Real Britânica não é racista
  • Príncipe William ainda disse que não conversou com Herry desde que a entrevista com Oprah foi publicada

O príncipe William resolveu abrir o jogo após a entrevista de Meghan Markle e Harry, para Oprah Winfrey. Nesta quinta-feira, 11 de março, o Duque de Cambridge afirmou que a Família Real Britânica não é racista após a ex-atriz afirmar que um membro não identificado da família perguntou se a pele de seu filho Archie poderia ser muito escura.

-Publicidade-
Príncipe William fala sobre entrevista de Meghan e Harry (Foto: Reprodução / Sky News)

Em entrevista à Sky News, o príncipe William afirmou que pretende falar com Harry e defendeu a família das acusações de racismo. “Não somos uma família racista”, disse. Ele ainda afirmou que não falava com Harry desde que a entrevista foi ao ar. “Ainda não falei com ele, mas falarei”, disse o príncipe.

Mesmo antes da entrevista ir ao ar, já haviam rumores circulando na imprensa internacional que William e a mulher, Kate Middleton, queriam se distanciar das polêmicas de Harry e Meghan Markle, pois não queriam ‘participar da novela’ do casal.

Durante o bate-papo com Oprah, Meghan ainda disse que a Família Real não a ajudou quando ela estava com problemas psicológicos. Já Harry deixou claro o quão distante ele estava dos outros membros da família, dizendo que o pai, príncipe Charles – atualmente o herdeiro do trono – o decepcionou e que ele havia parado de atender as ligações em determinado momento, e que ele e príncipe William estavam distantes.

Após a publicação completa da entrevista, o Palácio de Buckingham emitiu um comunicado em nome da Rainha Elizabeth II, avó de Harry, em que dizia que a família estava triste com os desafios que o casal havia encontrado nos últimos anos. O comunicado acrescentou que as questões raciais eram preocupantes e seriam tratadas com muita seriedade, mas afirmou claramente que “algumas lembranças podem variar”.

Harry comenta relação de Príncipe Charles com Meghan Markle

O Príncipe Harry comentou, em entrevista com a Oprah, sobre a relação do pai, Príncipe Charles, com Meghan Markle. Ele disse que ficou muito decepcionado sobre a reação do parente ao casamento com a americana. O Duque de Sussex ainda apontou que a falecida mãe, Princesa Diana, ficaria zangada e chateada com a forma como a Família Real britânica tratou a esposa.

Durante a conversa ele disse que se não fosse por Meghan ele não teria se afastado da realeza porque “estava preso, mas não sabia que estava preso”, explicou. Ele afirmou, ainda, que o Príncipe Charles, que é o próximo na linha de sucessão ao trono britânico, parou brevemente de atender as ligações do filho.

“Eu me senti muito decepcionado porque ele [Charles] passou por algo semelhante. Ele sabe como é a dor. E Archie é neto dele”, disse Harry sobre o pai. “Eu sempre vou amá-lo, mas muitas mágoas aconteceram”, adicionou. Harry ainda disse que:  “Minha família me isolou financeiramente. Mas eu tenho o que minha mãe me deixou e sem isso não teríamos sido capazes de fazer isso [deixar a realeza]”.

Meghan Markle e Harry deram entrevista para Oprah (Foto: reprodução / Instagram @sussexroyal)

Meghan Markle também abriu o coração sobre a realeza. Em recorte da conversa divulgado no YouTube, ela respondeu sobre como a família do marido, Príncipe Harry, vai reagir sobre ela contando a ‘real’ história em rede nacional.

“Eu não sei como eles podem esperar que, depois desse tempo todo, a gente continue em silêncio, especialmente quando eles desempenham o papel de perpetuar mentiras sobre nós. E se isso [a entrevista] pode nos fazer perder algumas coisas, tudo bem, já perdemos muitas outras”, disse ela.