Príncipe William tira sarro de coronavírus e é criticado: “Sem respeito pelos que morreram”

Enquanto ele e Kate Middleton estavam em um evento na Irlanda, o duque começou a falar sobre o vírus e acabou deixando muita gente irritada na internet

Resumo da Notícia

  • William e Kate estavam participando de um evento na Irlanda
  • Ele ficou fazendo perguntas para um dos paramédicos
  • Os internautas criticaram a postura dele
  • O duque fez piadas de mau gosto sobre a situação
Ele foi criticado pela atitude (Foto: Getty Images)

Na quarta-feira, 4 de março, príncipe William foi duramente criticado pelas redes sociais, após fazer piadas sobre o coronavírus. Ele, que está em um evento na Irlanda com a esposa, Kate Middleton, fez algumas perguntas a um dos paramédicos sobre o vírus, de acordo com o jornal britânico, Daily Mail.

-Publicidade-

Em um primeiro momento, ele disse o seguinte: “Aposto que todo mundo deve chegar dizendo ‘estou com coronavírus, estou morrendo!’, e você tem que dizer ‘Não, é só uma tosse‘”, afirmou ao profissional do Serviço Nacional de Ambulância do país, Joe Mooney.

Ele está em um evento na Irlanda com a duquesa (Foto: Getty Images)

Continuando o assunto, William começou a fazer ainda mais piadas de mau gosto no evento: “Você não acha que as pessoas estão sendo dramáticas? As coisas não estão sendo um pouco supervalorizadas pela mídia?”. Por fim, ele ainda concluiu: “A propósito, o Duque e a Duquesa de Cambridge estão espalhando coronavírus, desculpa!”.

-Publicidade-

No Twitter, os internautas classificaram a situação como vergonhosa e criticaram a postura do integrante da família real britânia: “Se Harry ou Meghan tivessem falado algo assim, a narrativa seria diferente, né?”, disse um. “O humor dele é tão frio e nojento quanto ele e a instituição que ele representa. Zero respeito pelas pessoas que morreram por causa do vírus“, afirmou outro. “A avó dele, a rainha, estava usando luvas hoje. Sendo cuidadosa. Isso não é algo que possa se fazer piada”, concluiu mais uma.

Contaminação da escola dos filhos

Eles são pais de três (Foto: Reprodução/Instagram/@kensingtonroyal)

Kate Middleton e o príncipe William estão preocupados com a saúde dos filhos, após um comunicado oficial da escola Thomas’s Battersea dizer que há um caso suspeito de coronavírus na instituição. As crianças foram mandadas para casa e os resultados ainda vão indicar se há contaminação.

Os colegas de George, de seis anos, e Charlotte, de quatro, teriam ficado doentes depois de uma viagem para o norte da Itália, que é a zona mais afetada pelo vírus em toda a Europa. Cerca de 400 pessoas já foram atingidas e na última quarta-feira, 26 de fevereiro, foi confirmado a 12ª vítima fatal.

O casal está preocupado com os filhos (Foto: Getty Images)

“Como todas as escolas, estamos a levar muito a sério os potenciais riscos relacionados à propagação do Covid-19 e, para isso, seguimos as indicações do governo à risca sobre prevenção e possíveis casos de infeções. E sobre como atuar caso haja suspeita que algum membro da equipe ou aluno seja exposto ao vírus ou apresente algum sintoma”, começa a explicar o porta-voz da Thomas’s Battersea.

“Atualmente, temos um número muito pequeno de alunos que foram avaliados e esses indivíduos atualmente permanecem nas suas casas à espera de receber os resultados dos exames. Todos os pais foram informados e mantemos uma comunicação regular com a comunidade escolar para garantir que os conselhos sejam partilhados e que as informações importantes circulem. Obviamente, preservaremos a confidencialidade de funcionários e alunos, e não comentaremos casos específicos”, concluiu.

Atualmente, as escolas do Reino Unido adotaram medidas drásticas e fecharam cerca de 12 escolas, além de terem 23 alunos em quarentena.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-