Vídeo: professor corre com aluna nos braços antes que os portões se fechem e ela consiga fazer o vestibular

 Leandra Araújo estava com a perna direita enfaixada e não conseguia correr. Ela só chegou a tempo porque José Francisco a ajudou

Resumo da Notícia

  • Leandra Araújo, de 17 anos, estava com a perna enfaixada no dia do vestibular
  • Para não perder a prova, seu professor a carregou nos braços até a escola, antes que os portões fechassem
  • O gesto de gentileza viralizou e encantou muitas pessoas

O bom professor é aquele que além de ensinar os alunos, incentiva e acredita no potencial de cada um. José Francisco Nascimento provou isso ao carregar uma estudante que estava com a perna enfaixada até a Universidade Estadual do Ceará (Uece), em Fortaleza, para realizar o vestibular, antes que os portões se fechassem.

-Publicidade-
Professor carrega aluna com perna quebrada até a Universidade antes que os portões fechassem
Professor carrega aluna com perna quebrada até a Universidade antes que os portões fechassem (Foto: Reprodução)

Faltando minutos para o tempo limite de entrada, o professor apareceu com uma das candidata nos braços. Ele corria desesperadamente para que sua aluna,  Leandra Araújo, de 17 anos, que estava com a perna enfaixada, conseguisse chegar a tempo de prestar o vestibular 2022. Ela sempre quis ser enfermeira.

A estudante de Maranguape, região metropolitana da capital cearense, tinha quebrado a perna direita.  De ônibus escolar, ela se deslocou até a Uece para a primeira fase da prova, que ocorreu na manhã da segunda-feira, 15 de novembro.

Em entrevista ao O Povo, José, que é professor de português, contou que o ônibus que trouxe os candidatos teve problemas mecânicos, o que provocou o atraso inesperado e o desespero dos jovens. Como a garota não conseguia correr (ela tentou, mas quase caiu), ele a pegou nos braços e assumiu o desafio de levá-la à universidade a tempo.

José é professor há 26 anos
José é professor há 26 anos (Foto: Reprodução)

“Ela não podia correr. Eu acho que faltava um minuto e aí veio na cabeça fazer isso. Na primeira tentativa eu ia caindo com ela. Mas eu corri com ela e entrei. Muita emoção e chorei. Foi muito emocionante”, afirmou.

Assista ao vídeo: