Professor é demitido por não impedir espancamento de aluno dentro de sala de aula: “Falhou em proteger”

Daniel Murphy permaneceu parado por dois minutos enquanto uma das crianças recebia uma sequência de chutes por outros estudantes

Resumo da Notícia

  • Daniel Murphy foi demitido da instituição de ensino que trabalhava
  • O professor de ciências da Kirkby High School não impediu uma briga dentro da sala de aula
  • O britânico permaneceu parado por 2 minutos até que outros funcionários acabassem com a discussão

Um professor de ciências da escola Kirkby High School, localizada na cidade de Liverpool, na Inglaterra, foi demitido após não ter interrompido uma briga em sua sala de aula, enquanto uma das crianças era espancada por uma gangue de alunos.

-Publicidade-

De acordo com o jornal britânico The Sun, Daniel Murphy permaneceu parado por dois minutos enquanto um dos estudantes foi “levado ao chão” por outro aluno da classe. Em seguida, o garoto recebeu uma sequência de chutes por várias outras crianças durante a aula que aconteceu em novembro de 2019.

Kirkby High School, em Liverpool
Kirkby High School, em Liverpool (Foto: Reprodução Crédito: Google)

O professor recebeu a demissão graças a um painel de conduta profissional que afirmou que Daniel Murphy “falhou em proteger” seus alunos. Em sua própria defesa, o britânico conta que “congelou” no momento da cena, e diz que não sabia como agir mediante a situação. Na audiência, ele ainda afirma que esta “profundamente envergonhado”.

A briga só foi interrompida quando outros funcionários da escola, que estavam de passagem pelo corredor, perceberam a movimentação, entraram na classe e ajudaram o menino. Apesar da demissão, o painel de conduta esclareceu que foi decidido que Daniel Murphy não receberia uma ordem de proibição – o que proibiria de lecionar em outras instituições de ensino.

“Estamos satisfeitos que o resultado do Painel de Conduta Profissional apoie a decisão da escola e confie no processo disciplinar. Kirkby High School e The Rowan Learning Trust levam a sério nossas responsabilidades de proteção. Todos os membros da equipe recebem treinamento regular de proteção e gerenciamento de comportamento. Funcionários e alunos são totalmente apoiados por políticas e práticas claras.”, disse um porta voz da escola.