Projota fala sobre fobia que a filha desenvolveu na pandemia: “Ainda dá tempo de recuperar”

Ele comentou sobre o assunto em um relato sincero e cheio de amor que compartilhou nas redes sociais

Resumo da Notícia

  • Projota fala sobre fobia que a filha desenvolveu na pandemia
  • Ele comentou sobre o assunto em um relato sincero e cheio de amor que compartilhou nas redes sociais
  • O músico é pai de Marieva, de 1 ano, fruto do relacionamento com Tamy Contro

Projota usou as redes sociais no último domingo, 10 de outubro, para compartilhar um relato emocionante sobre uma conquista da filha, Marieva, de 1 ano. No Instagram, ele contou que, por nascer durante a pandemia, a filha acabou desenvolvendo uma espécie de fobia social. Ao falar sobre isso, ele se orgulhou de uma conquista dela no supermercado e fez questão de compartilhar o que aconteceu com os seguidores. Marieva é fruto do relacionamento de Projota com a influenciadora digital Tamy Contro.

-Publicidade-
Projota fala sobre fobia que a filha desenvolveu na pandemia
Projota fala sobre fobia que a filha desenvolveu na pandemia (Foto: Reprodução/ Instagram)

“Marieva nasceu no dia 08 de fevereiro de 2020, bem quando a pandemia começou, a partir do nascimento dela a gente se trancou em casa e não saiu mais por um tempo inimaginável até ali. Marieva cresceu sem ver o mundo, a gente só começou a sair pra fazer o mínimo de coisas nos últimos tempos, então ela cresceu até aqui com medo de tudo, a não ser papai, mamãe, vovó, gente que esteja muito próximo mesmo”, começou o rapper, contando.

“Até um dia desses Marieva chorava pq quando a gente chegava no mercado ela queria ficar no colo a todo custo. Assim como em qualquer lugar que a gente fosse. Como não entender essa dificuldade? Era algo natural, tudo representava perigo pra ela. E ela olha desconfiada pra todo mundo. Sei que ainda dá tempo de recuperar isso, e estamos nos dedicando bastante pra que isso aconteça”, continuou, relatando um pouco do que acontecia quando a garota saia de casa.

“Esse post é pra registrar que agora Marieva anda sozinha no mercado e sempre carrega alguma coisa pro papai até chegar no caixa, que ela já olha com menos desconfiança pras pessoas e até manda beijo pra tia do caixa na hora de ir embora”, seguiu, orgulhoso da filha.

Projota completou falando sobre o que tem aprendido com a filha em todo esse processo. “Paciência, ela tem me ensinado tanto sobre essa palavra, da aquela sensação de que vale a pena esperar o ritmo natural das coisas. Ela tá no caminho dela, no ritmo dela, e eu tenho tentado me adequar a isso, e é bonito de se ver dois seres aprendendo a caminhar juntos né?”, contou.

“Marieva é uma criança muito feliz, muito carinhosa, um pouco mimada rs, já decorou a metade das letras do alfabeto (fora de ordem haha) ela gosta de passarinhos e de assistir palavra cantada. Quando ela deita pra dormir ela fica repetindo “papa mama papa mama…” e eu sinto que sou importante de verdade quando ela faz isso. Hoje não é dia dos pais, e ainda faltam dois dias pro dia das crianças, mas tô escrevendo isso não por data, mas por orgulho de viver essa a vida exatamente como ela é”, finalizou o músico.