Protocolo para diagnóstico de TDAH é aprovado por Ministério da Saúde

Trazendo critérios de diagnóstico e informação sobre tratamento, documento foi aprovado nessa quarta, dia 4 de agosto

Resumo da Notícia

  • Protocolo para diagnóstico é aprovado por Ministério da Saúde
  • Muitas vezes os sintomas só são notados na vida adulta, mas é importante que sejam constatados o mais cedo possível, de preferência na infância
  • Decisão possui caráter nacional

Nessa quarta-feira, dia 4 de agosto, o Ministério da Saúde aprovou um documento com critérios para o diagnóstico de Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH).

-Publicidade-
TDAH deve ser diagnosticado por um um médico psiquiatra, pediatra ou outros profissionais da saúde (Foto: Reprodução/Pinterest)
TDAH deve ser diagnosticado por um um médico psiquiatra, pediatra ou outros profissionais da saúde (Foto: Reprodução/Pinterest)

Considerada uma condição do neurodesenvolvimento, o TDAH traz sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade em níveis extremamente elevados e disfuncionais para a idade, começando na infância e podendo ser levado para os outros anos da vida de uma pessoa com esse diagnóstico.

O documento traz critérios de diagnóstico, com critérios de inclusão e exclusão, informações sobre tratamento, mecanismos de regulação, controle e avaliação. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União e possui caráter nacional.

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

A pasta alerta que o diagnóstico de TDAH deve ser realizado por um médico psiquiatra, pediatra, neurologista ou neuropediatra. Mesmo que o transtorno seja frequentemente diagnosticado durante a infância, muitas vezes a descoberta dessa condição acontece muito depois, já na vida adulta.

Assista ao POD&tudo com as gêmeas Bia e Branca Feres