Proximidade entre pai e filha ajuda a superar o sentimento de solidão, diz pesquisa

Estudo descobriu que a figura paterna afeta mais o comportamento da menina do que a mãe

É fato que a gente enfrenta momentos de solidão na vida, e você se engana se pensa que esse sentimento é problema apenas dos adultos. Uma pesquisa da Universidade de Ohio, Estados Unidos, acompanhou 695 famílias e os pesquisadores fizeram perguntas para crianças que estavam no ensino fundamental, com idades de 6 a 11 anos. Além de questionar os filhos, os pais tiveram que responder sobre o quanto seus filhos se sentiam solitários e como funcionava a relação entre eles. Ao mesmo tempo as crianças respondiam sobre o quanto se sentiam sozinhas.

-Publicidade-

De acordo com o site Terra, o estudo descobriu que, quanto menor a proximidade entre o pai e a filha, maior a probabilidade dela se sentir sozinha ao longo dos anos. Mas o efeito não acontecia com os filhos meninos. Segundo Xin Feng, uma das autoras da pesquisa na nossa sociedade, as mães tendem a ser responsáveis pelo cuidado diário das crianças. Enquanto os pais têm mais liberdade para interagir com os filhos de uma maneira bem diferente. “Essa pode ser uma das razões para os pais terem um maior impacto no comportamento das meninas“, disse.

Xin recomenda que você preste atenção aos sentimentos da sua filha, especialmente quando elas estão tristes. Seu papel é ensiná-la a lidar com sentimentos difíceis. “Nossos resultados mostraram que isso pode ajudar as meninas a se sentirem menos sozinhas”, completou.

Licença-paternidade

Você sabia que a licença-paternidade é um direito garantido por lei? Toda empresa precisa oferecer o benefício de cinco dias corridos ao funcionário que se tornou pai. Concedido desde 1988 pela Constituição Federal, o momento é superimportante para a criação de vínculos e suporte à família que acabou de aumentar.

É muito comum surgirem dúvidas sobre a licença-paternidade, ou seja, quem tem direito, quanto tempo dura, como funciona, entre outras. Mas, calma! Nós sabemos que são muitos detalhes. Por isso, conversamos com a advogada Michelle Rocha, especialista em direito da família e sucessões, mãe de Sophia e Melissa, para esclarecer os principais pontos do benefício.

O direito constitucional, previsto na legislação como um benefício ao pai, é um afastamento do trabalho que pode acontecer logo após o nascimento, ou processo de adoção. “Essa licença deve ocorrer sem prejuízo de seu ordenado. É um direito da própria família e do filho, em poder ter a presença do pai nos primeiros dias de vida e cuidados com a criança. O direito da licença paternidade está relacionado a importância da participação do pai nos primeiros momentos do filho”, explica a especialista.