‘Quase milionário’ do Domingão do Huck afirma que o prêmio irá ajudar a família

Professor Rafael Cunha disse que o dinheiro vai ajudar a dar mais conforto e estabilidade para os avós

Resumo da Notícia

  • Professor Rafael Cunha foi o único a chegar até a última questão do jogo 'Quem Quer Ser Um Milionário', de Luciano Hulk no último domingo, 26;
  • Rafael disse que o prêmio de 500 mil reais será dividido e 50% será para a família;
  • Ele contou que irá investir em estudos na área da educação com o restante do prêmio

O professor Rafael de Andrade Cunha, de 42 anos, foi o primeiro participante a chegar à pergunta do milhão no quadro ‘Quem quer ser um milionário?’ do Domingão do Huck. Apesar de não ter ficado com um milhão de reais, o educador afirmou em entrevista ao G1 que irá proporcionar uma vida melhor à família com o prêmio de 500 mil reais.

-Publicidade-

“Como falei no programa, meu objetivo é proporcionar mais conforto e paz aos meus avós e meus pais. Não perdi meu foco”, disse Rafael.

Rafael Cunha diz que seu desejo é proporcionar conforto e estabilidade à família
Rafael Cunha diz que seu desejo é proporcionar conforto e estabilidade à família (Foto: Reprodução/TV Globo)

O professor, formado em direito, contou que deseja dar mais conforto e estabilidade financeira aos avós, ambos com mais de 90 anos e precisam de cuidados especiais da família. “Poderia pensar em trocar de carro, mas não. Vou programar uma viagem de férias com minha esposa para comemorar o prêmio. Não vou sair gastando por aí. Eu sei o que não quero fazer”, frisou.

O restante do prêmio, Rafael, que é diretor-executivo e professor de uma startup de educação e tecnologia, vai investir. A longo prazo, ele pensa em passar uma temporada no exterior para estudar inovação em educação.

O apaixonado pela Educação diz que sempre gostou de aprender e considera a educação uma das coisas mais importantes para a evolução da sociedade. No programa, o carioca disse que o estudo mudou a sua vida e pretende continuar seguir no ramo, mesmo com o prêmio ‘quase milionário’.

Participação no programa

Rafael sempre gostou de acompanhar o programa de conhecimentos gerais. Um dia, ele e a esposa Bruna estavam assistindo ao programa e o docente acertou a resposta. A partir disso, a companheira de Rafael começou com a ideia do entusiasta pelo conhecimento participar do programa.

“A gente não tinha a menor pretensão. Achava que isso nunca ia acontecer. Ela fez a inscrição e três ou quatro dias depois a produção entrou em contato. Em quatro meses estava no programa. E fiquei muito satisfeito de participar de um programa que tem conhecimento como base”, finalizou.