Rafaella Justus comenta volta às aulas presenciais no Instagram: “Foi bem esquisito”

A filha de Ticiane Pinheiro e Roberto Justus publicou uma série de stories no Instagram sobre o primeiro dia de aula após ensino à distância

Resumo da Notícia

  • Rafaella Justus usou o Instagram para falar sobre a volta das aulas presenciais na escola
  • A menina, que ainda perguntou aos seguidores se eles haviam retornado para a escola ou não, deu detalhes sobre a rotina do primeiro dia
  • Rafaella é filha de Ticiane Pinheiro com o empresário Roberto Justus

Rafaella Justus publicou no Instagram uma série de stories nos quais narrava os detalhes do primeiro dia do retorno das aulas presenciais em sua escola. Interrompidas desde o início de 2020 por causa da covid-19 e as regras do distanciamento social, Rafa contou aos seguidores sobre as diferenças da vida antes e depois da pandemia:

-Publicidade-

Foi bem legal! Tirando o fato de eu não poder abraçar meus amigos e nem minhas professoras que eu acabei de conhecer, só no cotovelo, foi bem esquisito”, comentou. A menina ainda falou sobre os momentos de refeição, que eram feitos seguindo os protocolos de segurança – para mais detalhes, clique aqui!

Rafa é filha de Ticiane Pinheiro com Roberto Justus (Foto: Reprodução Instagram / @quemacontece)

“Antes era buffet, eles te serviam na hora. Agora não, agora é marmita e é tudo descartável. Eu ia repetir a marmita, mas como não dava mais tempo eu não repeti. Fora ser marmita, tinha um acrílico entre as mesas e ficou muito ruim de conversar com minhas amigas, é horrível”, desabafou. Rafaella Justus é filha de Ticiane Pinheiro com o empresário Roberto Justus.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

De volta ao presencial…

Rafa também aproveitou para interagir com os seguidores, perguntando quais deles estavam tendo aulas presenciais na escola. Através de uma enquete também publicada nos stories, apenas 40% dos estudantes e seguidores da pequena compartilhavam da mesma realidade.

Nessa perspectiva, é importante entender como funciona a rotina de crianças e jovens que já retornaram para o ambiente escolar – bem como as recomendações para manter o distanciamento e garantir o aprendizado. Por causa disso, a Sociedade Brasileira de Pediatria informou quais são as principais recomendações para o “novo normal” dentro da sala de aula:

“Estamos olhando a questão educacional de forma abrangente, considerando o impacto da pandemia sobre o processo de aprendizagem e os caminhos para a retomada, que deverá acontecer em algum momento”, confirmou a Dra. Luciana Rodrigues Silva, presidente da SBP. “Nossa tarefa é orientar os pediatras, levando informação qualificada, para que possam apoiar os pais e seus pacientes nesse desafio. As escolas precisam preparar o retorno com antecedência, observando questões técnicas muito importantes”, declarou.

É importante entender os cuidados para um retorno às aulas presenciais seguro (Foto: Shutterstock)

Sendo assim, confira alguma das recomendações indicadas pela SBP – e como elas podem ser aplicadas no ambiente escolar:

  • Aumento da frequência da higienização das salas de aula e outros locais públicos
  • Aumento da distribuição de álcool em gel para alunos, professor e funcionários das instituições
  • Número reduzido de frequentadores das escolas, a fim de assegurar o distanciamento social
  • Não frequentar o ambiente escolar em caso de qualquer sintoma de gripe
  • Professores e pais devem se manter sempre alerta para possíveis medidas e atualizações dos protocolos de segurança

Vale lembrar que, mesmo com o retorno das aulas presenciais acontecendo por todos o Brasil, os pais que não se sentirem confortáveis em mandar os filhos para a escola podem optar pela continuação do ensino à distância.