Família

Rainha Elizabeth proíbe decisão de Meghan e Príncipe Harry em adotar cachorros vira-lata

O casal pretendia adotar o animal para o filho, Archie crescer com companhia

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

(Foto: Reprodução /Getty Images)

Meghan Markle deu à luz ao primeiro filho, Archie, fruto do relacionamento com o príncipe Harry e decidiu que quer aumentar a família mais um pouco, adotando cachorros abandonados, com o objetivo de ter o filho real crescendo junto ao pet, criando laços para a vida! Porém, a rainha Elizabeth II ficou sabendo de toda a situação do casal e colocou uma nova regra na casa.

De acordo com o tabloide Radar Online, a rainha da Inglaterra proibiu a entrada de cachorros no Palácio de Buckingham. “Harry e Meghan mudaram seus escritórios para o palácio de Buckingham, e ela absolutamente não quer nenhum vira-lata bagunçando seus tapetes”, disse uma fonte.

“Além disso, os seus Corgis [cães de raça] dominam o local e não aceitam de bom grado [cachorros] estranhos”, completou a fonte. O casal se mudaram para a ‘House Frogmore’ e se estabeleceram por lá antes de Archie nascer.

A rainha persiste em dizer que eles podem exercer a liberdade na residência deles, e não no castelo de Elizabeth II. “A rainha disse que Meghan pode fazer o que quiser em sua propriedade em Frogmore, mas não deve levar nenhum deles para o palácio”, continuou a fonte.

E ainda, a fonte revelou que Meghan ficaria super triste com isso, pois ela ama cachorros sem raça.”Meghan ficaria arrasada com isso, pois os vira-latas são a paixão que ela escolheu”, disse a fonte. Meghan e Harry já possuem um cachorro da raça Beagle.

Meghan e um cachorro quando ainda era atriz (Foto: Reprodução / Instagram)

Leia também:

Meghan Markle decide aumentar a família para Archie ter companhia quando crescerMeghan

Markle prepara bolo de aniversário em festa cheia de junk food para príncipe George

Chá de bebê de Meghan Markle: saiba porque Kate Middleton não foi convidada