Rainha Elizabeth volta a morar com o marido após 2 anos separados e explica o motivo

Príncipe Philip, consorte do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte desde 1952, está aposentado dos deveres da família real britânica desde 2017. Ele se casou com a rainha em 1947

Resumo da Notícia

  • Rainha Elizabeth se muda para o palácio de Windsor
  • Seu marido Philip está em isolamento com ela
  • Eles não moravam juntos desde 2017
  • A medida foi feita como forma de precaução contra a contaminação de coronavírus
Rainha Elizabeth e seu marido Príncipe Philip (Foto: Jeff J Mitchell/Getty Images)

Rainha Elizabeth II e seu marido Philip, duque de Edimburgo, voltaram a morar juntos como forma de proteção contra a transmissão do coronavírus. Ele estava vivendo no Castelo de Windsor desde que se aposentou das atividades da família real no final de 2017.

-Publicidade-

A rainha tomou a decisão de se mudar para o castelo que fica a mais de 30 quilômetros de distância de onde ela mora em Londres, no Palácio de Buckingham, em função de respeitar o isolamento social e não correr riscos de ter contato com pessoas de fora. O palácio tem diversos funcionários que mantem o local em ordem, o que pode aumentar a chance de contágio.

A majestade e Philip que estão casados há 73 anos, tem reencontros somente em datas especiais, como o Natal. No entanto, de acordo com informações do UOL, o relacionamento deles é estável.

-Publicidade-

Coronavírus no Reino Unido 

O Reino Unido nas últimas semanas assistiu o crescimento no número de casos de covid-19, de maneira significativa. Além disso o Príncipe Charles de 71 anos, foi testado positivo para o vírus e está acompanhando o desenvolvimento da doença em isolamento.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-