Recordar é viver: contar ao seu filho sobre o dia do nascimento dele ajuda na autoestima da criança

Todos nós temos uma história especial e particular. Qual é a do seu filho?

Resumo da Notícia

  • Roberta e Taís Bento falam sobre a importância de contar histórias para seus filhos
  • Essa atividade pode ser feita em qualquer momento do dia e se torna um momento único
  • Toda criança ama ouvir os pais contarem como aconteceu coisas importantes e especiais, como o dia do nascimento dele!
Contar sobre o dia do nascimento do seu filho pode melhorar a autoestima dele (Foto: Getty Images)

Existe uma história que somente os pais podem contar ao filho com todos os detalhes. Ao contar essa história, além de encher a memória do seu filho de recursos, repertório e ferramentas para a vida, você ainda ganha um bônus: renova sua própria energia. Serve para a hora de dormir e para o caminho da escola. Cabe nas refeições e quando precisamos de um recurso para acalmar uma criança agitada. Vale para qualquer momento de sufoco, de alegria ou prazer.

-Publicidade-

E tem um toque mágico: não importa quantos filhos você tenha, a história para cada um será exclusiva e única. Já descobriu que superpoder é este que os pais têm? Qual a história capaz de gerar tantos efeitos positivos? Acertou se você pensou na data do nascimento do seu filho. Toda criança ama ouvir os pais contarem como foi esse dia. Cada detalhe traz emoções e gera sensações diferentes, todas ricas e marcantes.

O envolvimento de personagens como os avós, tios, os médicos, irmãos, amigos da família, cada ponto deste se torna abertura de caminho para uma trama diferente, gerando uma verdadeira história sem fim. Pesquise sobre pessoas conhecidas do esporte, da medicina, inventores e cientistas que nasceram ou tiveram conquistas nessa mesma data. Seu filho terá um enorme orgulho de quem ele é. A data de aniversário será sempre um símbolo de “eu posso, eu sou especial, sou capaz de gerar tantas emoções boas em muitas pessoas, especialmente em mim mesmo!”.

-Publicidade-

Um lembrete especial: Mude seu olhar, repense sua fala e seu filho será o grande beneficiado pela vida toda. Se você faz aniversário em período de férias escolares, provavelmente sente na pele aquele estigma de nunca comemorar sua data especial com os amigos ou na escola. É possível inverter esse padrão, fazendo a festinha na escola na semana que antecede as férias. E depois comemorar com a família na data exata do aniversário.

Essa pode ser a oportunidade de mostrar ao seu filho que ele tem uma história única! (Foto: Getty Images)

E assim é possível inverter o discurso e a memória que seu filho leva para a vida: “meu aniversário é tão especial que sempre comemorei duas vezes: um pouco antes, na escola, e no dia com minha família.” Quer uma dica de por onde começar? Descubra e conte a história do seu aniversário. Eu sei da minha, pois minha mãe sempre contava sorrindo e enfatizando alegria e motivos de celebração, apesar do sufoco que passou. Até que me peguei contando com frequência e cheia de risos o desafio que sempre foi passar o Dia da Mentira convencendo as pessoas de que no dia 2 de abril teria sim uma comemoração porque é meu aniversário!

Então, qual é a história do seu aniversário e qual a história que seu filho vai contar sobre o dia dele?

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-