Reinfecção por covid-19 é mais comum do que parece e pode ser grave, diz novo estudo

O principal autor do estudo disse que apressou ao máximo a divulgação dos resultados por uma questão de responsabilidade social: “Se você já teve uma infecção assintomática ou branda, isso não significa que não vá ter de novo, nem que será branda novamente.”

Segundo um novo estudo da Fiocruz divulgado nesta quarta-feira, os casos assintomáticos e brandos de covid-19 não oferecem imunização contra a doença. Publicado na Social Science Research Network, o trabalho reforça a ideia de que a reinfecção pelo SarsCov2 é possível e pode resultar em um quadro grave da doença. Ou seja, a população está ainda mais vulnerável à pandemia do que se imaginava.

-Publicidade-
“Se você já teve uma infecção assintomática ou branda, isso não significa que não vá ter de novo, nem que será branda novamente”, disse o autor do estudo (Foto: Getty Images)

Segundo reportagem do Estadão, o principal autor do estudo, o virologista Thiago Moreno, disse que apressou ao máximo a divulgação dos resultados por uma questão de responsabilidade social. “Sinto como uma questão de responsabilidade social divulgar o quanto antes”, afirmou Moreno, lembrando que estamos às vésperas do período de festas e viagens de férias. “Se você já teve uma infecção assintomática ou branda, isso não significa que não vá ter de novo, nem que será branda novamente.”