Relato de mãe: “Passei anos acreditando que nunca teria um filho e agora tenho dez”

A mulher teve 11 abortos espontâneos devido ao estágio quatro da endometriose

Resumo da Notícia

  • Alicia Dougherty, de 40 anos, e Joshua, de 42 anos, vivem em Nova Iorque e tentaram aumentar a família por nove anos;
  • A mulher teve 11 abortos espontâneos devido ao estágio quatro da endometriose.
  • Contudo, a situação deixou o casal muito abalado, mas eles não desistiram.

Alicia Dougherty, de 40 anos, e Joshua, de 42 anos, vivem em Nova Iorque e tentaram aumentar a família por nove anos, mas a mãe teve 11 abortos espontâneos devido ao estágio quatro da endometriose. A situação deixou o casal muito abalado, mas eles não desistiram.

-Publicidade-

Alicia ficou arrasada ao saber que ela não poderia ter um bebê – mas passou a surpreender a todos ao dar à luz quatro bebês e adotar mais seis crianças. Ela agora é mãe de dez filhos. A família começou a crescer em 2010, quando o casal adotou Alex, agora com 15 anos.

Mãe de dez filhos pensou que nunca teria uma família (Foto: Reprodução/ Instagram)

‘Foi tão bom tê-lo conosco, mas foi uma verdadeira curva de aprendizado. Não tendo filhos antes, não sabíamos por onde começar”, disse a mãe ao Daily Mail. No entanto, apenas seis dias depois que Alex foi morar com seus pais, Alicia descobriu que estava grávida.

De surpresa em surpresa, o casal foi aumentando a família – entre adoções e filhos biológicos. Falando sobre sua casa de 10 filhos, a mãe diz que passa seu tempo ‘cozinhando para um exército’ e tem um carrinho de transporte de passageiros de 15 lugares.

Mãe de dez filhos pensou que nunca teria uma família (Foto: Reprodução/ Instagram)

“Eu moro em uma casa louca e caótica, mas estou tão acostumada agora e não a deixaria de outra maneira. ‘Depois de anos pensando que nunca teria um filho, adoro abrir meu coração para o máximo de crianças que posso”, explicou.

A mãe disse que já estabelece rotina para tudo e se organiza muito bem com as crianças. Em seguida, Alicia desabafa: “’Em pensar que passei nove anos acreditando que nunca teria um filho e agora tenho 10 – é incrível e definitivamente quero mais”.