Relato: “Meu ex-marido deixa a atual esposa alimentar meu filho”

O relato foi publicado no fórum do Reddit por uma mãe que não quis se identificar. Os internautas comentaram a atitude do pai e falaram sobre a amamentação cruzada

Resumo da Notícia

  • Uma mãe fez um relato na internet após o ex-marido deixar que a atual esposa alimentasse seu filho
  • O relato foi publicado de forma anônima no fórum online do Reddit
  • Segundo a mulher, a companheira do ex deu à luz há pouco tempo e também está alimentando o próprio bebê

Uma mãe fez um relato na internet após o ex-marido deixar que a atual esposa amamentasse seu filho. O texto foi publicado de forma anônima no fórum online do Reddit e rendeu vários comentários dos internautas, principalmente em relação aos riscos da amamentação cruzada. Segundo a mulher, a companheira do ex deu à luz há pouco tempo e também está alimentando o próprio bebê.

-Publicidade-
A mãe desabafou sobre a amamentação do filho no Reddit (Foto: Getty Images)

A mãe começou o relato dizendo que ficou sabendo da situação quando foi pegar o filho na casa do pai. “Quando fui buscar meu filho, ela me disse que tinha acabado de alimentá-lo. Ela também está amamentando seu próprio filho”, contou. “Eu disse a ele [o ex-marido] que isso me deixava desconfortável e ele disse que não importava, porque meu filho é como seu próprio filho para ela [a atual esposa]”, completou.

Em seguida, a jovem pediu a opinião dos internautas. “Não acho isso justo ou normal. Por favor, me digam o que devo dizer a ele”, disse. A maior parte dos comentários defenderam a mãe e opinaram que o pai da criança deveria ter pedido permissão antes de deixar a atual esposa alimentar o filho.

-Publicidade-

“Diga-lhe não. Seja firme. Amamentar é uma experiência de vínculo muito pessoal e se você não se sentir confortável, NÃO deve permitir isso e ele não pode fazer isso sem a sua permissão”, escreveu um dos internautas.

Já outros falaram sobre os risco de deixar que o bebê tenha contato com o leite de outra mãe.  “Não se trata de vínculo. Trata-se de ter o fluido corporal de outra pessoa e quaisquer germes ou organismos nocivos transmitidos ao seu filho. É anti-higiênico e simplesmente estranho”, comentou outro.

Amamentação cruzada, não! Entenda o porquê:

O leite materno é fonte de nutrientes, é o alimento mais completo que o bebê pode e deve receber. Mas muitas doenças também podem ser transmitidas via leite materno, como por exemplo o tão temido HIV e outras doenças infectocontagiosas. Mesmo que a mãe a ofertar seja conhecida, seja amiga, mesmo assim não é seguro. O leite materno é um alimento altamente rico em anticorpos, vitaminas e próprio para cada bebê. A mãe de um prematuro, por exemplo, terá um leite próprio para um bebê prematuro. O corpo da mãe reconhece que precisa liberar mais células de defesas para proteger seu bebê. Cada mãe produz o leite específico para seu filho

Amamentação cruzada apresenta riscos de infecção para bebês Foto: Shutterstock)

Leites dos bancos de leite humano estão liberados. O leite ao ser doado para um banco de leite humano, além de um cadastro criterioso para capacitação de doadoras, passa pelo processo de pasteurização em que se torna livre de qualquer impureza e fica próprio para o consumo sem o risco de transmissão de alguma doença.