Relato: “Fiz meu filho dormir em uma casa na árvore na noite de Natal por quebrar o toque de recolher”

A mulher decidiu compartilhar a história em um fórum online e recebeu diversas críticas sobre a decisão

Resumo da Notícia

  • Uma anônima fez um relato no Reddit
  • Ela comentou que o filho se atrasou e por isso decidiu mandá-lo para a casa na árvore em pleno Natal
  • Muitos usuários da plataforma foram contra a decisão da mulher

Cadê o clima de Natal? Uma mulher anônima decidiu desabafar para os usuários do Reddit, uma rede social que produz conteúdo pelos próprios usuários, sobre ter obrigado o filho de 16 anos a dormir em uma casa na árvore na noite de Natal. O motivo? Ele se atrasou para o toque de recolher. De acordo com o marido dela, esta foi uma atitude exagerada.

-Publicidade-

De acordo com a mãe, que se autodenominou na publicação como “fácil de lidar”, ela espera que os quatro filhos sejam respeitosos e voltem às 22 horas. Entretanto, durante a véspera de Natal, um deles havia tido um encontro, e por isso quebrou a regra imposta por ela ao voltar para casa às 23h.

Casa na árvore
Casa na árvore (Foto Reprodução Getty)

“Meu filho de 16 anos voltou para casa às 11 na noite passada, quando a casa já estava trancada, depois de perder cerca de 10 ligações minhas. Ele bateu para entrar e eu apenas liguei de volta e disse que ele poderia dormir na casa da árvore e que já havia cobertores lá em cima e, com sorte, esta seria uma lição para cumprir o toque de recolher.”, começou escrevendo a anônima.

“Abri a porta às 6h da manhã bem cedo e ele entrou e foi dormir, dormiu até a hora do almoço, impedindo os irmãos de abrirem os presentes, porque a gente fazia tudo junto em família”, continuou. Em seguida, a mãe de quatro filhos afirmou que o marido achou a situação exagerada, e que o filho do casal estava exausto já que não havia conseguido dormir direito na casa da árvore.

“Ele teria sido capaz de dormir, estava quente o suficiente e eu coloquei roupas de cama suficientes lá em cima. Mesmo assim, meu marido disse que foi uma mudança completa.”, saiu ela em defesa de si mesma. Ao contrário do que a anônima acredita, a maioria das pessoas que entraram em contato com o relato foram contrários a atitude da mulher. 

“Então você trancou seu filho menor do lado de fora, em dezembro, na véspera de Natal?”, comentou um internauta. “Por que o pai do garoto não o deixou entrar, em vez de deixá-lo lá fora a noite toda, e no dia seguinte reclamar com a esposa pela punição exagerada?”, observou outro. “Toques de recolher severos como esse não servem a nenhum propósito real a não ser para nos mostrar que o pai é um ditador que exige ‘minha casa, minhas regras’, embora as regras sejam apenas arbitrariamente estabelecidas.”, afirmou um terceiro.